Helicóptero portátil como solução para o trânsito das grandes cidades

Em uma cidade como São Paulo, que enfrenta problemas com o excesso de automóveis, uma alternativa seria muito bem vinda para os que perdem até 5 horas por dia no trânsito por conta dos congestionamentos, que nesse ano já chegou a 217km em um dia. Na metrópole, que tem a maior frota de helicópteros urbanos do mundo, é possível imaginar que um dia possamos usar helicópteros mais baratos e práticos, em substituição ao automóvel, causador de grandes incômodos, poluindo o ar e ocupando um espaço que não temos disponível para todos.

O japonês Gennai Yanagisawa imaginou e desenvolveu o que pode ser o início da  solução para o problema do trânsito nas grandes cidades. O aparelho inventado por ele, já entrou para o Guinness Book como o menor helicóptero do mundo e não deixa de lado a segurança pela comodidade. Conta com dois motores reserva e um pára-quedas em caso de emergência. Portátil e individual, pesando apenas 75kg, pode voar a até 50km/h, ao preço aproximado de US$ 58 mil. Com o perdão da ironia, pode ser no futuro uma mão na roda para o homem contemporâneo.

 

`