A criatividade por dentro da natureza

O homem sempre usou a natureza como inspiração. Observa a sua complexidade, transforma e cria, usando os seus elementos. Tudo contém arte na essencia. Foi isso que Bryan Nash Gil buscou ao fazer xilogravuras de discos extraídos de troncos de arvore.

Com as mãos ele fixa o papel sobre a madeira com tinta, usando arvores já caídas de generos como carvalho, pinheiro e salgueiro. Esse exame profundo na história dessas plantas releva a riqueza casual escondida nelas, trazendo o valor da autêntico da simplicidade.

`