Ele largou a vida corporativa e foi viver sozinho numa ilha

Ele não sofreu um naufrágio como Robinson Crusoé, mas ganhou esse apelido pois, desde que perdeu milhões na queda da bolsa de 1987 e terminou o seu casamento, ele decidiu abandonar a vida corporativa em Sidney foi viver com a companhia do seu cachorro Quasi numa ilha deserta da Austrália. Desde 1993, David Glasheen, que hoje tem sessenta e poucos anos, vive da pesca de peixes e carangueijos, e da coleta de bananas, cocos e frutas nativas. Ele também cultiva seus vegetais e – vejam só – produz sua própria cerveja. E se você acha que a vida dele é difícil, David revelou que se considera o cara mais sortudo do mundo. A gente não duvida.

A gente que sempre vive buscando boas referências pra nossa vida profissional, é sempre válido uma dose de inspiração pra nossa vida pessoal. Aquele lembrete de que qualquer mudança é possível, e que o que nos separa dos nossos sonhos é somente o salto.

Quem documentou a vida dele nas fotos abaixo foi o fotógrafo Brian Cassey.