Artista disléxico transforma rabisco em arte com desenhos fantásticos

Poderia ser apenas um monte de riscos. Mas definitivamente não é. O artista Vince Low possui um talento excepcional: transformar em arte o que seria apenas rabiscos, seu controle de traço e o controle total de luz e sombras faz emergir formas e rostos de onde normalmente só veríamos linhas aleatórias.

Seu talento excepcional para fazer desenhos com essa técnica é mais interessante por ser, de alguma forma irônico, já que a dislexia causa problemas de aprendizado na área da leitura e escrita, o que muitas vezes faz com sua escrita saia em forma de… rabisco. Geralmente quem possui dislexia tem um senso artístico mais apurado, o que talvez explique que alguns grandes da humanidade eram disléxicos.

Por sua habilidade e apuro nos desenhos, ele foi convidado pela Associação de Dislexia da Malásia, país onde vive, para fazer alguns desenhos mostrando alguns grandes artistas que também eram disléxicos e que, assim como ele, não o impediram de exercer sua arte, na campanha intitulada Dislexia não os deteve. Vejam:

Print

 

 

Dislexia não limitou Einstein.

Print

Dislexia falhou ao reprimir Picasso.

Print

 

 

Dislexia não conseguiu esconder os talentos de Lennon.

dislexia_campanha4

 

Dislexia não conseguiu cortar as asas de James.

rabiscos_deslexia10

 

Na imagem acima, o próprio artista. Com o texto: Dislexia não parou a paixão de Vince.

Veja abaixo uma série de desenhos feitos pelo artista para uma série intitulada Faces, onde ele reproduziu rostos de artistas que ele gosta:

faces

faces2 faces3 faces4 faces5 faces6 faces7 faces8 faces9

 

Mas seu talento vai além e ainda com mais detalhes que impressionam quando ele desenha o rosto e o corpo dos artistas:

faces10 faces11 faces12 faces13 faces14 faces15 faces16