Container adaptado produz 850l de água potável por dia para população carente

Unindo forças com a engenharia Deka R&D, a Coca-Cola lançou um projeto que transforma 2000 containers em água potável para comunidades isoladas e em desenvolvimento.

Intitulado Ekocenter, o módulo de container é instalado para produzir água filtrada à populações carentes. O primeiro protótipo está sendo testado em Heidelberg, na África do Sul, e vem com um dispositivo de purificação que usa destilação à vapor para produzir água potável. O Slingshot, criado pela Deka R&D, foi originalmente produzido para ser alimentado com esterco de vaca para gerar energia e pode transformar qualquer fonte de água suja – incluindo água do rio e água do mar – em água potável.

Cada máquina oferece aproximadamente 850 litros (225 galões) de água por dia, usando menos eletricidade que um secador de cabelo“, diz a Coca-Cola.

ekocenter-3

ekocenter-4

ekocenter-5

ekocenter-7

ekocenter-8

As Ekocenters vão além da água potável e oferecem às comunidades internet sem fio, cargas para dispositivos móveis ou lâmpadas movidos à energia solar, kits educativos e armazenamento refrigerado de medicamentos e vacinas.

Os pontos de containers serão distribuídos em toda a África, Ásia, América Latina e América do Norte. Até o final de 2015, estima-se que as Ekocenters deverão produzir cerca de 500 milhões de litros (132 milhões de galões) de água potável por ano.

ekocenter-9

ekocenter-10

Para realizar a manutenção e controle das estações, a Coca-Cola vai contratar parceiros locais para certificar que a água está segura para beber e atende aos padrões internacionais de saúde.