fotografia

Fotógrafo registra casas abandonadas que parecem ter congelado no tempo

por: Eme Viegas

Publicidade Anuncie

Algumas ainda têm as camas feitas, os edredons dobrados e os livros empilhados na prateleira. Não fossem as paredes descasadas, as janelas quebradas, os tetos prestes a desabar, as manchas de umidade ou a sujeira envolvente, e diríamos que as casas fotografadas por Niki Feijen ainda esperam seus donos chegar. A verdade é que eles as abandonaram há muito.

O fotógrafo holandês andou pela Europa em busca de prédios, casas ou igrejas abandonadas, dando origem à série Disciple of Decay (Discípulo da Decadência). Apaixonado pela “exploração urbana”, Feijen nos oferece imagens que preservam o sinistro e fantasmagórico lado dos lugares vazios.

Seja por que os donos e proprietários faleceram, ou por simples abandono, estes espaços ficaram largados, virando lar de bichos, insetos e objetos empoeirados. E é sempre curioso pensar como, um dia, todas estas casas já se encheram de vida.

DiscipleDecay1

DiscipleDecay2

DiscipleDecay3

DiscipleDecay4

DiscipleDecay5

DiscipleDecay6

DiscipleDecay7

DiscipleDecay8

DiscipleDecay9

DiscipleDecay10

DiscipleDecay11

DiscipleDecay12

DiscipleDecay13


Eme Viegas
Trabalho com internet e meu escritório é na praia.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.