Uma carta para mim mesma 10 anos atrás – por Jaque Barbosa

Hoje começamos aqui no Hypeness um novo quadro semanal que se chama “Uma carta para mim mesmo 10 anos atrás”. Iremos convidar pessoas das mais diversas áreas para escrever uma carta para eles no passado. É uma forma de gerar reflexões importantes sobre a vida, inspirar pessoas e despertar aprendizados. Para inaugurar, eu, Jaque Barbosa, comecei escrevendo uma carta para mim mesma e humildemente a compartilho com vocês:

Oi Jaque,

Há grandes chances de você estar lendo essa carta enquanto corrige alguma lição de inglês. Você adora isso, né? Não é à toa que infernizou a coordenadora da sua escola até que ela topasse te deixar dar umas aulas (com a condição de que você não contasse sua idade para ninguém). Enquanto a preocupação da maioria das suas amigas é com que roupa ir na matinê ou como se declarar para aquele garoto, você tem que se preocupar em parecer mais velha e responsável. Eu sei como é. Aliás, sei de muitas coisas, afinal, eu sou você no futuro, e voltei pra te dar alguns conselhos que podem mudar a sua vida. Tome nota:

1) Mergulhe mesmo no universo dos idiomas de você adora. Continue levando o dicionário de inglês para o banheiro (no futuro vai ter algo chamado iPad, você não vai mais precisar carregar esse trambolho para onde vai), estude, leia, e pode continuar indo no aeroporto internacional para puxar papo com gringos. Mas não, você não vai trabalhar com isso pra sempre (ainda bem!), mas conseguir se comunicar em outras línguas vai te ajudar muito em algo que você verdadeiramente ama – viajar pelo mundo.

2) Se quer mesmo tanto fazer a faculdade de Letras/Tradução, faça. Eu acho que você não deveria investir 4 anos nisso, mas já que quer tanto, tudo bem. No futuro você será editora de um grande site criado por você e pelo seu namorado (é, a relação com seu namoradinho de hoje não vai dar em nada), e saber escrever e se comunicar vai ser essencial. Mas olha, não seja tão responsável assim. Falte mais. Sabe aquelas aulas de Teoria da Tradução que você detesta? Só frequente o necessário para passar de semestre, cabule o restante. E não precisa ficar decorando um monte de coisas para tirar nota 10 como você gosta. Desencane disso. As pessoas mais interessantes que eu conheço tiraram pouquíssimos ou nenhum 10 na vida.

3) Aliás, por falar em trabalho, agradeça muito por você ter nascido nessa geração. Você ainda nem imagina, mas em alguns anos, fará parte de um movimento global na qual as pessoas podem finalmente trabalhar com o que amam de verdade – e isso definitivamente não significa ter que fazer somente uma coisa durante a vida toda. Significa fazer algo enquanto estiver divertido, e depois passar para a próxima. Eu juro que vai ser possível.

4) Jamais tente ser normal. Pessoas normais são entediantes. Há uma frase que diz que se você está fazendo algo igual a maioria das pessoas, então você está no caminho errado. Não mande CV pra mesmas empresas que todo mundo, não queria trabalhar na mesma área que todo mundo, não leia os mesmos livros que todo mundo. Seja diferente. Seja você. É um dos maiores desafios da vida.

5) Por falar em livros, leia muito mais. Você adora ler e no futuro vai te sobrar muito menos tempo para fazer isso do que você gostaria. Seus amigos vão te chamar de nerd mas não se preocupe: ser nerd vai ser algo extremamente cool no futuro, por mais que seja difícil acreditar.

6) Não tente se encaixar em nenhuma religião. Religião escraviza, espiritualidade liberta. A resposta para suas perguntas é extremamente simples, e não está nas igrejas. Está em você. Deus nada mais é do que o todo. Deus é o universo, a natureza, o cosmos. Você é parte dele e tudo está interligado. Você é Deus (DEUS = EU). Por isso, sempre que precisar de algo, fale com o seu Eu Interior. Todas as respostas estão dentro de você.

7) Você vai ficar ansiosa para ter um carro, mas relaxe – esse dia vai chegar. E você vai batê-lo 3 vezes antes de realmente poder se considerar uma motorista, vai ser inevitável. Na dúvida, redobre a atenção nos cruzamentos.

8) Sei que é difícil acreditar hoje, mas ter um cachorro realmente dá trabalho e vai sim sobrar para seus pais te ajudarem. Por isso, espere um pouco. Hoje eu ainda estou esperando pelo dia no qual terei bastante tempo e dinheiro para ter a casa dominada por eles. Esse dia vai chegar, prometo para a gente.

9) Continue enchendo o saco dos seus pais para ir morar fora. Vá mesmo juntando um dinheirinho e quando surgir a oportunidade, vá. Vai dar tudo certo e essa experiência vai mudar para sempre quem você é. Só tenho uma dica: fique por mais tempo. A saudade vai passar, e quando voltar, as coisas estarão no mesmo lugar te esperando, mas a oportunidade, ah, essa não volta, meu bem.

10) Aliás, a vida é cheia dessas oportunidades que não voltam. Cada pessoa tem uma antena ligada com o cosmos. Se uma coisa passa por você e você não a capta, ela vai para alguém que esteja com o radar ligado. Esteja atenta aos sinais.

11) Tire da sua cabeça essa história de querer fazer cirurgia para diminuir os peitos. Relaxa. Eles podem parecer muito grandes agora, mas vão diminuir conforme você cresce. E pasme – no futuro, a moda vai ser ter peitões, e as pessoas vão pagar fortunas e se submeter à cirurgias para ter um par de peitos parecidos com o seu. Espere e verá.

12) Cozinhe. Fique mesmo no pé da sua mãe enquanto ela prepara quitutes. E pratique agora que você tem tempo. No futuro esse vai ser um dos seus hobbys preferidos, e quem sabe você virá a trabalhar com isso algum dia. Aproveite que tem tempo e pratique.

13) Aliás, aproveite o tempo como a coisa mais preciosa que você tem. Vai chegar uma época na qual vai ter dinheiro mas não vai ter tempo, e vai lembrar do passado desejando que tivesse aproveitado melhor o ócio.

14) Corte o cabelo. Pare com essa neurose de choramingar quando o cabeleireiro corta mais do que você pediu. Se entregue. Você vai ficar linda de cabelo curto.

15) Só trabalhe aos fins de semana ou vire noites se for para um projeto seu. A vida é muito curta para fazer isso por outra pessoa. Aliás, você é competente demais para trabalhar para os outros, não permita que se torne somente uma peça substituível.

16) Descobrir o que gosta de verdade e o que faz o seu coração vibrar é um dos maiores desafios da vida. Gaste o maior tempo possível tentando chegar nessas respostas. Elas irão te livrar de uma vida medíocre.

17) Se alongue. Todos os dias. Principalmente as costas. Você vai se agradecer no futuro.

18) Você não precisa ter 53 pares de sapato e nem 18 calças jeans como suas amigas. Sei que você fica se comparando com elas, e se sente desleixada às vezes, fazendo com que queira ficar comprando roupas. Desencane disso. Você vai enjoar das roupas e não vai ter onde colocar os sapatos. Depois vai doar tudo. Em vez de gastar com essas coisas, coloque esse dinheiro num cofrinho ou poupança. Quando tiver juntado um pouco, pegue todo esse dinheiro e vá viajar. Você vai ver como vai se sentir mais feliz.

19) O universo gosta de movimento, portanto mexa-se. Não adianta nada ter um sonho e não se mover. Não permita que seus sonhos fiquem somente no papel.

20) Não passe tempo demais longe da natureza. Você vai descobrir mais para frente que é através dela que consegue recarregar suas energias e se conectar com Deus.

21) Aliás, sabe todos aqueles remédios para bronquite, rinite, sinusite? Você vai poder jogar tudo fora quando sair de São Paulo e só assim vai descobrir que o problema não está em você, e sim no ar envenenado que tem respirado.

22) Não gaste tanto tempo tentando agradar seus pais. Seja grata e sempre respeitosa com eles, mas se livre das amarras. Eles acham que sabem o que é melhor para você, mas você é a única pessoa que pode ter certeza disso. Se tiver que escolher entre agradar seus pais ou a você mesma, fique com a segunda opção. Eles vão te amar de qualquer jeito.

23) Você vai conhecer vários caras legais durante a vida, e alguns babacas (confie no seu sexto sentido para diferenciá-los). Todos eles vão te ensinar coisas, mas haverá um que vai te ajudar a transformar a sua vida e abrir os seus horizontes. Você vai conhecê-lo pela internet, num site chamado “Orkut” (mais pra frente você vai entender). Além de namorados e parceiros, se tornarão sócios, e criarão, dentre outras coisas, esse site onde essa carta está sendo publicada em primeira mão. Por mais que as ideias dele possam parecer malucas, confie. Vai ser uma das experiências mais transformadoras da sua vida.

No mais, curta sua vida. Ela vai ser linda.

Beijos,

Você, daqui a 10 anos.

jaque

*Jaque Barbosa tem 24 anos,  já morou na Irlanda por um ano, mochilou por mais de 15 países e sempre foi fascinada por tudo aquilo que envolvesse cultura, inovação e diversidade. Além de Diretora de redação do Hypeness, ela é co-criadora e editora do projeto Casal Sem Vergonha e não pretende parar por aí. Em 2014 está participando do lançamento de mais um projeto na internet que vai envolver um dos temas que ela mais ama – viagens. 

faixa-carta