Seleção Hypeness

Seleção Hypeness: 17 feiras de rua imperdíveis para os caçadores de bugigangas

por: Paulo Moura

Publicidade Anuncie

Quem nos acompanha sabe que à terça-feira não tem erro: a Seleção Hypeness chega, em forma de lista, com um tema e uma compilação dos melhores itens ou lugares relacionados com ele. O tema de hoje? Feiras de rua.

Paraíso das curiosidades, dos objetos originais e de peças vintage, as feiras de rua são o sonho de todo “caçador” de tendências e das bugigangas mais exclusivas. Conheça algumas das mais interessantes em várias partes do planeta:

1) Portobello Road Market – Londres, Inglaterra

Feiras1

O bairro de Notting Hill abriga aquela que é considerada a maior feira de antiguidades do mundo, que acontece todos os sábados. Casinhas da era vitoriana coloridas fazem a moldura irresistível do entorno.

2) Rose Bowl Market – Los Angeles, Estados Unidos

Feiras2

O maior mercado popular de Los Angeles fica no subúrbio de Pasadena. Acontece no segundo domingo de cada mês, no campo de futebol do Rose Bowl. Reúne mais de dois mil vendedores, que ofertam desde coleções de discos, objetos de arte a brinquedos clássicos.

3) Marché Bastille – Paris, França

Feiras3

Situada na Praça de La Bastille, a feira de rua mais tradicional de Paris funciona nas quintas e domingos. Lá tem mesmo de tudo, mas merecem atenção especial os pães, os queijos e os vinhos.

4) Ameya Yokocho – Tóquio, Japão

Feiras4

Localizado na região de Ueno, já foi considerado Mercado Negro no Japão depois da Segunda Guerra Mundial, mas os anos passaram e o comércio continuou e evoluiu para uma imensa área de lojinhas.

5) El Rastro – Madri, Espanha

Feiras5

Se você for passar um domingo em Madri, deve incluir necessariamente em seu roteiro uma ida a El Rastro. Esta feira de rua reúne muito da essência callejera de Madri, de um povo que adora caminhar pelas ruas lotadas da cidade e parar para beliscar umas tapas.

6) Monastiraki – Atenas, Grécia

Feiras6

Quem mora em Atenas tem como programa para as manhãs de domingo tomar café na área e dar uma chegada no “Mercado de Pulgas” em Monastiraki. A antiga feira é uma verdadeira instituição na cidade. Nas ruas adjacentes, a animação corre solta. Lá se encontra uma enorme quantidade de restaurantes, muitos deles com cantores e músicos aproveitando o domingão para se apresentar.

7) Feira de Caruaru – Pernambuco, Brasil

Feiras7(

Como dizia o poeta: “Na feira de Caruaru, faz gosto a gente vê. De tudo que há no mundo, nela tem pra vender”. Barro, couro, palha, madeira e corda são algumas das matérias primas encontradas em produtos de decoração, vestuário, brinquedos e utilidades domésticas disponíveis, sem contar uma infinidade de rendas e bordados.

8) Feria de San Telmo – Buenos Aires, Argentina

Feiras8

A dominical feirinha do agitado bairro de San Telmo virou patrimônio histórico de Buenos Aires. O ponto é frequentado semanalmente por mais de cinco mil pessoas em busca de quinquilharias, mas também de antiguidades, joias e obras de arte de primeira.

9) Albert Cuyp – Amsterdam, Holanda

Feiras9

É a feira de rua mais famosa e antiga da Holanda. Deste 1905 nas ruas de Amsterdam, devido às influências de imigrantes, ela apresenta uma grande diversidade cultural. Funciona de segunda a sábado.

10) Brooklyn Flea – Nova York, Estados Unidos

Feiras10

Localizado no super cool Williamsburg, o  Brooklyn Flea é um grande mercado vintage. Com comidinhas, centenas de expositores e muita gente moderna em busca de achados circulando pelo local.  Acontece somente aos domingos na beira do East River – onde é possível encontrar uma linda vista de Manhattan.

11) Porta Portese – Roma, Itália

Feiras11

Situada no bairro de Trastevere, a feira hospeda mais de quatro mil lojistas que oferecem de tudo um pouco. Alimentos, antiquários, sapatos usados, casacos de pele, componentes eletrônicos enferrujados e até discos de vinil raros estão entre os itens vendidos. Acontece aos domingos.

12) Ladies Market – Hong Kong

Feiras12

Apesar do nome, os gentlemen também podem frequentar esta feira que acontece todos os dias na Tung Choi Street. Relógios e produtos eletrônicos são os carros-chefes das inúmeras tendas.

13) Tiergarten Flohmarkt – Berlim, Alemanha

Feiras13

Essa tradicional e descontraída feirinha de Berlin, na Alemanha, tem de tudo: antiguidades, móveis, livros, CDs, selos, entre outros objetos. Está situada em uma área arborizada que fazia parte do lado oriental do muro.

14) Izmailovsky Market – Moscou, Rússia

Feiras14

Lugar certo para encontrar roupas típicas, tapetes do Cáucaso, peças de antiquário e, claro, souvenirs tradicionais como as matrioshkas (as bonequinhas de madeira de diversos tamanhos que se encaixam uma dentro da outra) e as réplicas dos ovos Fabergé.

15) Panjiayuan Market – Pequim, China

Feiras15

É um universo de produtos da cultura chinesa, com cerca de 4 mil barracas e lojas, ou aproximadamente 10 mil vendedores. Destaque para as esculturas, cerâmicas, bronzes e peças em jade.

16) Feira da Ladra – Lisboa, Portugal

Feiras16

A feira começou no século XIII em plena Idade Média. Atualmente, sediada no Campo de Santa Clara, na região da Graça, acontece às terças e aos sábados, e abriga sobretudo vendedores de relíquias como louças, moedas imperiais e quadros.

17) The Rocks Market – Sydney, Austrália

Feiras17

Encravada na região onde aportaram e se fixaram os primeiros colonos ingleses que chegaram à Austrália, essa feira reúne mais de 200 barraquinhas de artistas, designers e artesãos locais na George Street.

faixa-selecao-hypeness


Paulo Moura

Jornalista paulistano que adotou o Rio de Janeiro como casa. Possui mais de 15 anos de experiência em comunicação corporativa e é sócio-diretor da Agência VIRTA. Apreciador de cerveja, comida ogra, mar e tudo aquilo que combina ou remete a ele.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Dicas para dormir dentro do avião