fotografia

Fotógrafo capta a essência das pessoas que vivem em favelas do Rio de Janeiro

por: Brunella Nunes

Publicidade Anuncie

Lembra do Alexis Pazomian, que retratou lindamente os Sadhus, homens santos do Oriente Médio? Pelo sim e pelo não, aqui vai mais um caprichoso trabalho dele, mostrando a realidade das famosas favelas do sul do Rio de Janeiro, cercadas por olhares o tempo todo.

O mais bacana da série de fotos “Favelado” é que Pazomian soube explorar muito bem os cinco locais por onde andou, mostrando a verdadeira essência do Brasil, a mistura de culturas e raças, as pessoas que ali transitam, os lugares que frequentam e onde moram. Segundo seu relato pessoal, o objetivo deste trabalho é fornecer uma visão geral das famílias em seu ambiente, revelando os contrastes, onde algumas pessoas são extremamente pobres, enquanto outras têm condições mais favoráveis.

Mas o melhor de sua visão vem por último: “o fato de viver esse projeto me permitiu compreender como a imagem que temos de favelas está distorcida: a favela não é uma favela, é uma verdadeira aldeia, com suas lojas, escolas e igrejas. A maioria das pessoas estão felizes e querem ficar, escreveu em seu site.

É muito interessante ver o Morro do Vidigal, Cidade de Deus, Rocinha, Chapéu Mangueira e Cantagalo como verdadeiramente são e, segundo alguns moradores, como devem ser, em fotos e retratos marcantes, registrados para sempre.

favelado15

favelado14

favelado9

favelado13

favelado4

favelado8

favelado6

favelado10

favelado2

favelado7

favelado12

favelado5

favelado11

favelado3

Todas as fotos © Alexis Pazomian


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.