Sistema ecológico permite transformar rios poluídos em incríveis jardins flutuantes

Despoluir rios é algo caro e inviável a longo prazo, certo? Pelo menos é esse tipo de conversa que quase sempre escutamos de autoridades quando perguntadas sobre esse preocupante tema. Mas um sistema ecológico criado na Inglaterra une a despoluição dos rios à preservação da paisagem natural.

O sistema chama-se Biomatrix e trata-se de uma obra de engenharia flutuante de baixo custo que pode ser instalada em reservatórios, canais e lagos contaminados. Além disso, ainda pode ser adaptada para outros usos, como pontes flutuantes, ilha de habitat de pássaros, passarelas, obras de arte públicas ou sítio de ancoragem de barcos totalmente integrados ao sistema de tratamento.

Veja abaixo como funciona o Biomatrix:

Abaixo deixamos exemplos de revitalização em alguns locais do mundo:

A cidade de Manila, na Filipinas, tem um Canal Paco, que antes era completamente cheio de esgoto e lixo, deixando o local inviável para caminhar, além do perigo de doenças. Foi então instalado um sistema de ilhas com mais de 110 metros quadrados, acompanhado da revitalização do entorno.

Vejam o “Antes e Depois”:

canal_before

canal_after

Algumas fotos do processo de revitalização com integração da comunidade local:

53834f10ad4632.09227486

53834f22ea3734.24140253

1272285_293883617417792_943122646_o

53834e3ac4b797.33109051

53834e48e74ac8.84161164

Outra aplicação do sistema foi a restauração de um rio, com tecnologia capaz de trazer de volta a vida ao lugar:

hanwell1 copy

hanwell31 copy

E um detalhe importante: a instalação do sistema não prejudica a fauna e flora aquáticas, pelo contrário, proporciona mais qualidade de vida para o habitat de inúmeras espécies.

Todas as fotos do Facebook da Biomatrix