A nova ponte que comprova que Copenhague é mesmo a cidade dos ciclistas

Se você quer explorar uma nova cidade e conhecer o modo de vida de sua população, uma das melhores maneiras é em cima de uma bicicleta. Isso se a infraestrutura urbana do local permitir, claro. Nesse sentido, a capital da Dinamarca é um verdadeiro convite para pedalar.

Copenhague é uma amiga de longa data dos ciclistas. São quase 400 quilômetros de ciclovias integradas entre si e 50% dos habitantes se deslocando diariamente em suas bikes. Quem visita a cidade logo percebe a quantidade de pessoas de todos os estilos pedalando. Mulheres de salto, homens engravatados e por aí vai.

E, com a recente inauguração da ponte Cykelslangen (também conhecida como “The Bicycle Snake”), os ciclistas locais ganharam um novo e incrível espaço para acrescentar no trajeto. São 235 metros de comprimento e 4 metros de largura serpenteando sobre o porto da cidade, na altura do primeiro andar dos prédios. É o governo mostrando que se importa com a qualidade de vida das pessoas, e mostrando que dá sim para construirmos cidades mais verdes. Veja no vídeo:

Na Bicycle Snake, a questão estética não é menos importante do que a preocupação com a mobilidade urbana. A construção em aço e a distância entre os pilares dá leveza para o design da ponte. E a pavimentação laranja também proporciona um belo contraste com os cliclistas em movimento nos dois sentidos.

Cykelslangen1

Cykelslangen2

Cykelslangen3

CykelslangenE1

CykelslangenE2

CykelslangenE3

Cykelslangen4

Cykelslangen5

Cykelslangen6

Cykelslangen7

Cykelslangen8

CykelslangenEx4

Saiba mais sobre a Bicycle Snake no site do escritório que a projetou.

*Este post é um oferecimento da Heineken open your world.