Projeto usa impressora 3D para transformar plástico retirado dos oceanos em novos objetos

É fato que um dos maiores, se não o maior, inimigo para a natureza é o plástico. Outro fato é que, apesar de ouvirmos muito sobre ele e sobre os danos naturais que ele causa, não parece que as pessoas e as grandes indústrias fazem realmente alguma coisa. Mas existe um grupo de pessoas que está fazendo.

Azusa e Alex sempre foram atraídos pelo mar e foi esse fascínio e preocupação que os levou a conceber a Sea Chair (“Cadeira do Mar”), um projeto que consiste em chamar a atenção das pessoas para este problema, através de móveis feitos com o plástico que está poluindo nossos oceanos e de filmes como esse: 

O projeto acabou ganhando força e eles desenharam e construíram uma máquina, que é uma mistura de extrusora de plástico, que derrete o plástico do mar, e uma impressora 3D, que pode ser usada tanto dentro do oceano como em terra.

Os dois lançaram um crowdfunding para ter a oportunidade de levar o projeto a alto mar novamente. Porém, desta vez em uma embarcação chamada “Dragão do Mar”, um navio de 72 metros dedicado à investigação de plástico no mar, que vai levá-los a grandes zonas de concentração do materia, conhecidas como “Gyres”.

“Queremos levar o projeto para o Gyre do Atlântico Norte para fazer uma coleção de design com o lixo que nós removermos, bem como um filme que realmente pode envolver o público sobre a questão do plástico do mar.”

7f857746cbf784c7036114b4cfa3c79f_large

50615f553e574d32376d474d05ec4160_large

9511686e4f86f7f0eccb3b06f16a5c97_large

cadeira-mar-1

cadeira-mar-2-2

cadeira-mar-2

cadeira-mar-4

cadeira-mar-5

Você também pode contribuir para o projeto aqui. E ainda ganhar um dos objetos feitos com o plástico do oceano.