Cidade na Coreia do Sul inaugura ônibus elétricos capazes de captar energia do asfalto

Enquanto a maioria das cidades do mundo ainda está pensando em se adaptar à tecnologia de ônibus elétricos para tornar o sistema de transporte público mais eficiente, barato e sustentável, a Coreia do Sul já está desenvolvendo formas de otimizar o carregamento das baterias desses veículos. Em Gumi, cidade localizada ao sul da capital Seoul, os ônibus já conseguem captar energia para se locomover a partir da própria rua.

Criado pelo Instituto Sul-Coreano de Ciência e Tecnologia, o KAIST, o sistema utiliza cabos subterrâneos para criar um campo magnético, a partir do qual o veículo pode captar a energia necessária para funcionar. Chamado de OLEV (Online Electric Vehicle), o projeto dispensa o uso das pesadas baterias nos ônibus, além de poupar o tempo geralmente utilizado para recarregá-las, que pode chegar a 10 horas.

Os cabos, que podem ser instalados em todo o trajeto percorrido ou somente em pontos específicos, como paradas obrigatórias e áreas de semáforo, acionam o campo magnético somente quando detectam a presença do veículo, que mantém sempre uma distância de 20 cm do asfalto. Dessa forma, a energia, além de não ser desperdiçada, apresenta uma eficiência de transmissão de 80%.

Entenda melhor como o OLEV funciona no vídeo abaixo e como ele pode revolucionar os transportes públicos pelo mundo:

kaist1

kaist2

kaist3

kaist4

kaist5

kaist6

kaist7

kaist8

Todas as fotos © KAIST

*Esse post é um oferecimento de “LG WebOS“.