Indiano cria gadget movido a energia solar que ajuda a combater o animal que mais mata no mundo

Se você tivesse que imaginar qual o animal responsável pelo maior número de mortes no mundo, provavelmente pensaria em algum grande predador. Mas a resposta para essa pergunta pode estar bem mais perto do que você imagina. Enquanto os crocodilos são responsáveis por cerca de 1.000 mortes ao ano, e os tubarões respondem por apenas uma dezena delas, os mosquitos aparecem no topo da lista, com cerca de 725 mil mortes ao ano. O infográfico que registra esses números foi publicado no blog de Bill Gates.

O indiano Pranav Agarwal encontrou uma maneira simples e barata de combater esse predador e evitar a propagação de doenças como dengue e malária. Para isso, ele precisou de apenas U$ 10 para criar o Solar Scare Mosquito, um dispositivo que areja a superfície da água parada, evitando que os mosquitos se proliferem.

O dispositivo flutua na água e faz bolhas de ar e ondulações em intervalos regulares. Testes feitos comprovaram que as populações de mosquitos foram reduzidas quase que completamente em uma piscina, no período de uma semana. Atualmente a despesa média para o controle da malária é de mais de US$ 6 bilhões, de modo que o uso do dispositivo poderia vir a reduzir drasticamente estes custos.

O vídeo abaixo mostra o funcionamento do Solar Scare Mosquito (em inglês):

 

mosquito1

mosquito2

mosquito4

mosquito5

mosquito6

Fotos: Reprodução YouTube e Instructables

Veja um passo a passo e faça o seu próprio Solar Scare Mosquito.