Cobertura Hypeness

Cobertura Hypeness: fomos conhecer os grupos que uniram a música eletrônica e a percussão pra inspirar a transformação de SP

por: Brunella Nunes

Publicidade Anuncie

O Hypeness foi até o bairro de Perus, Zona Oeste da capital, para visitar a Comunidade Cultural Quilombaque, que resiste às distâncias e as dificuldades da falta de estrutura para manter a região com acesso ao entretenimento e a troca de experiências. Na ocasião, quem estava junto era o Metanol FM, grupo formado por cinco músicos que atua em produção cultural no centro de SP.

Os coletivos se uniram através do projeto Transform Your City (“Transforme sua Cidade”, em português) de Absolut Vodka, marca que tem a transformação em seu DNA, que visa derrubar barreiras invisíveis com a junção de diversos grupos nas áreas de música, poesiadança e performance. As ações aconteceram em quatro zonas da cidade, onde espaços públicos foram ocupados com intervenções urbanas, a fim de inspirar o poder transformador das pessoas e a força do trabalho coletivo.

O Quilombaque é uma comunidade cultural que completa 10 anos de atividade em setembro deste ano. O local, que é dos mais interessantes, foi literalmente construído por eles e o melhor: com uma pegada sustentável.  “O espaço físico exalta a cultura negra, com influências africanas. Temos biblioteca, onde trocamos livros, espaço multiuso, onde acontecem eventos, oficinas e apresentações, e estamos construindo uma cozinha sustentável com técnica de pau à pique, forno à lenha e encanamento ciclo das bananeiras, um sistema doméstico de tratamento de água”, explicou Clebio Ferreira, o Dedê, responsável pela criação da comunidade, ao lado do irmão Cleiton, conhecido como Fofão.

O local ainda trabalha em cima de outras questões ambientais, como a permacultura, o uso de hortas e a reciclagem. A travessa onde ficam também foi revitalizada com auxílio e incentivo deles, e atualmente é repleta de grafites nos muros, que acabaram migrando para dentro da casa também.

E com essa ideia de transformação, a Metanol FM se juntou ao grupo para elaborar um curso de produção de agentes em eventos musicais, que espalhou aprendizado técnico aos 15 alunos ao longo de um mês. No caso, também foi comprada uma equipoteca, equipamento de som, imagem e luz, recursos utilizados pela galera do Metanol. “Dentro do curso ampliamos as vivências. É o trabalho em rede, tudo na base da troca. Junto com o Metanol, colocamos em prática várias coisas. Os coletivos do centro devem vir pra cá e nós temos que ir para lá. A ideia de compartilhar conhecimento é a melhor coisa dessa troca e convivência“, apontou Dedê.

MAT_1878

Para Cauê Ueda, o U-rso, responsável pelas projeções, produção executiva e o que mais vier pela frente na Metanol, a música apenas serviu para costurar tudo o que há nestes coletivos. “É algo muito maior do que só fazer um som. Através do curso, procuramos oferecer uma ideia mais estruturada, com orientação, mas o processo de costura é muito mais importante. Temos a construção de dois legados: ajudar no operacional do Quilombaque, além da equipoteca; e o viés principal é a educação e o fortalecimento da comunidade“.

A Metanol FM começou como estação de rádio independente, focada em música eletrônica, que acabou se transformando em algo mais complexo e muito maior. As festas organizadas e feitas pelo coletivo formado por Akin, U-rso, MJP, Soul One e Vekr são, no geral, épicas e às vezes acontecem na rua, gratuitamente.

Ueda complementou seu pensamento avisando que o intuito da ação é atravessar a ponte“. E ela foi, de fato, atravessada. É assim que se inspira a cocriação de um futuro melhor.

MAT_1586

MAT_1959

MAT_1708

MAT_1915

MAT_1920

Todas as fotos © I Hate Flash | Marcelo Mattina

coberturahype


Brunella Nunes

Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Veja Também
Já são mais de mil: artista cria um novo e incrível origami por dia desde 2015