Inspiração

França vai punir com multa e prisão agentes que contratarem modelos excessivamente magras

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie


O padrão de beleza mostrado na mídia é o pneuzinho zero, a barriga negativa e nada de celulite. Com isso, doenças como a anorexia tornam-se cada vez mais comuns e a angústia de meninas e mulheres, principalmente as adolescentes, em atingir o corpo perfeito traz grandes prejuízos. A França, um dos maiores centros da moda no mundo, tomou uma medida extrema na luta contra a anorexia: agora, agentes e empresas que contratarem modelos excessivamente magras serão punidas com multa e até prisão.

De acordo com a nova legislação, “a atividade de modelo está suspensa para qualquer pessoa que tiver um índice de massa corporal (IMC) abaixo dos níveis propostos pelas autoridades de saúde e decretados pelos ministros da saúde e do trabalho“. Isso quer dizer que para serem aceitas em um trabalho, as modelos francesas precisam ter um IMC de, no mínimo, 18 – uma mulher de 1,75 m deve pesar 55 kg, por exemplo. A multa pode chegar a 75 mil euros e o agente pode enfrentar até seis meses de reclusão.

Além dessa nova regra, todas as peças publicitárias que trazem corpos com alterações feitas no Photoshop deverão conter indicações. Você pensa que medidas como esta podem ajudar no combate à doença?

modelo

Foto © Christophe Simon/AFP

modelo1

Foto © Women’s Health

modelo3

Foto © Reuters


Redação Hypeness

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Veja Também
Karol Conka dá soco em homem que passava a mão em mulheres e pede: ‘Faça alguma coisa’