Ação brasileira usa bom humor para combater a homofobia

No Brasil, a cada 27 horas um homossexual é assassinado no país. Além de sofrerem preconceito pela sociedade, muitos gays, lésbicas e travestis são rejeitados pela própria família – o que é mais dolorido ainda. Para combater o preconceito e mostrar que todos somos iguais independentemente da orientação sexual, foi criada a campanha Frequência Gay, pela Lew’Lara\TBWA, para o Portal Mix Brasil em parceria com a rádio 89 FM.

A ação foi realizada em forma de pegadinha, na qual pessoas desconhecidas entravam em um táxi e, no rádio, o locutor falava sobre a descoberta da “frequência gay”, um tipo de frequência sonora que somente homossexuais conseguiriam ouvir. Quando a música começa, o taxista contratado diz que não está ouvindo o som e alguns passageiros ficam constrangidos e afirmam que não estão escutando também.

E você, já ouviu falar da “Frequência Gay”?

Frequência Gay publicado por Lew’Lara TBWA no YouTube

No final, a rádio diz que “se você ouviu a música e ficou meio encanado, está na hora de rever seus conceitos de sociedade” e que não há uma “frequência gay”, pois somos todos iguais. A campanha incentiva pessoas a refletirem sobre a discriminação e reverem seus preconceitos – que muitas vezes nem sabiam que tinham.

gay 2

gay-11

gay ultima

gay 01

gay 4

gay 5

gay-12

gay-12-

gay 6

gay 3

 gay-15

gay-10-mensagem

Todas as imagens: Reprodução/Divulgação