Livro ilustrado mostra como é a vida a partir da perspectiva dos gatos

Seu gato adora caixas, morde seu braço com a mesma intensidade que o lambe, é folgado, passeia na frente do monitor do computador, deita em cima do livro que você está lendo e dorme em cima de você, sem nem ao menos pedir licença. Mas todos os gatos são assim, encantadoramente intrometidos. Para provar isso, a designer Manu Cunhas criou o livro “Como diria meu gato“, que traz ilustrações mostrando a vida a partir da curiosa perspectiva felina.

Desde 2013, esses desenhos são publicados na página do Facebook Adote um Ronrom, um projeto que cuida de gatos e promove a adoção responsável dos bichanos. Manu, que trabalha como ilustradora há cerca de 7 anos, inspira-se em seus dois gatinhos e em situações do dia a dia que acontece com todos que têm o prazer de dividir a vida com esses bichos. O projeto do livro está aberto para financiamento coletivo no Catarse – clique aqui e saiba como ajudar a financiá-lo. Confira algumas das ilustrações:

como-diria-gato como-diria-gato2 como-diria-gato3 como-diria-gato4 como-diria-gato5 como-diria-gato6 como-diria-gato7 como-diria-gato8 como-diria-gato9 como-diria-gato10 como-diria-gato11 como-diria-gato12 como-diria-gato13 como-diria-gato14 como-diria-gato15 como-diria-gato16   como-diria-gato17 como-diria-gato19 como-diria-gato20 como-diria-gato28 Todas as imagens © Adote um Ronrom/Manu Cunhas