Detento se oferece para doar medula óssea a juiz que o condenou a 25 anos de prisão

O norte-americano Charles Alston, de 62 anos, está servindo uma pena de 25 anos em uma penitenciária de Nova York, após ser condenado por roubo armado. Mas quando soube que o juiz Carl Fox, 61, responsável por condená-lo, estava com leucemia, ele não pensou duas vezes ao se oferecer para doar medula óssea.

Você foi o juiz do meu julgamento, em que fui condenado a 25 anos de prisão. Eu sei que você está em busca de um doador de medula óssea compatível. Eu posso ou não ser compatível, mas estou disposto a fazer esse sacrifício se necessário“, escreveu o detento em uma carta ao juiz. Segundo Alston, não há qualquer tipo de rancor guardado pela condenação, que o teria ajudado a se transformar em um homem melhor.

Emocionado com a disposição de Alston, o juiz agradeceu, mas lembrou que detentos não podem fazer doações de sangue ou de medula devido ao alto risco de doenças infecciosas. “Eu fiquei emocionado e completamente surpreso“, disse Fox.

Uma prova de que o amor entre seres humanos pode sempre vencer:

juiz-leucemia2

juiz-leucemia3

juiz-leucemia4

juiz-leucemia

Todas as imagens © WRAL.com

Para ver a reportagem completa com os dois protagonistas, clique aqui.

[Via WRAL.com]