O refugiado sírio que cruzou o Mediterrâneo com seu gato no colo

Na perigosa travessia pelo Mediterrâneo, milhares de sírios deixam para trás suas famílias, sonhos e pertences. Mas este rapaz não quis fugir da guerra sem trazer seu gatinho de estimação. Com um pano enrolado no pescoço, ele fez a travessia carregando o bichano e ambos chegaram a salvo à Ilha de Lesbos, na Grécia.

Acompanhado de outros membros de sua família, o rapaz não identificado disse que o nome do gato é Zaytouna, que significa “azeitona”, em árabe. Agora, eles pretendem continuar sua jornada pela Europa até conseguirem se estabelecer como refugiados.

Uma história de amor, dentre muitas outras que, felizmente, temos visto no meio da crise dos refugiados (como provam essas imagens). Confira as fotos do pequeno Zaytouna e seu dono:

refugiado-gato2

Foto © Sonia Smart

refugiado-gato