Série assustadora mostra o “antes e depois” de geleiras e o quanto elas derreteram em 100 anos

A transformação gradual do nosso planeta dada pelo aquecimento global faz com que muitos de nós não se dê conta da gravidade do que está acontecendo. Se resta alguma dúvida sobre a degradação das geleiras, essas imagens captadas entre o período de 1850 até os dias de hoje, revelam de maneira bastante clara, o derretimento destas.

Desde 1997 a U.S. Geological Survey tem trabalhado num projeto de registros fotográficos no Glacier National Park em Montana e Alasca e as comparam com imagens do final de 1800 e início de 1900 dos mesmos cenários glaciais para mostrar o quanto estes lugares mudaram.

Até agora, eles captaram 60 imagens de 17 geleiras diferentes. 13 delas mostram uma recessão marcada e algumas estão em apenas um terço de seu tamanho estimado. Das 250 geleiras registradas na época, apenas 26 continuam a existir.

Veja as imagens e assista a este vídeo da National Geographic sobre o projeto em Montana:

geleiras2

Muir Glacier e Inlet, Alasca, 1880 e 2005

geleiras3

Muir Glacier e Inlet, Alasca, 1880 e 2005

geleiras4

Carroll Glacier, Alasca, 1906 e 2004

geleiras5

Pedersen Glacier, Alasca, 1930s e 2005

geleiras6

Grinnell Glacier, Montana, 1920 e 2008

geleiras7

Grinnell Glacier, Montana, 1926 e 2008

geleiras8

Iceberg Glacier, Montana, 1940 e 2008

Todas as imagens: Reprodução National Geographic