Roteiro Hypeness: fomos visitar o ‘paraíso’ em SP que tem mais de 60 tipos de coxinha

Com cara de interior, o bairro Vila Zelina guarda um dos melhores endereços de São Paulo. Isso porque é lá onde fica o Santa Coxinha, um verdadeiro paraíso para os paulistas, que têm a chance de escolher mais de 60 tipos de recheio para o salgado mais amado da cidade. Como boa paulistana, me rendi às tentações e comi coxinhas como se não houvesse amanhã.

Na Praça República Lituana, logo ao lado de uma igreja católica, dá para avistar uma coxinha gigante dando boas vindas. Você pode pensar: estou no céu?. Não, mas pode ser que você passe a acreditar nessa Santa com todas as suas forças. No salão não muito grande, limpo e organizado, escolhi um lugar num sábado a tarde, quando a lanchonete não fica vazia por muito tempo. Uma coleção de antiguidades numa vitrine e nas paredes revela outra paixão dos donos e traz a mesma memória afetiva que o quitute.

No cardápio, eu realmente cheguei a contar os sabores pra ver se havia os tais 50 tipos que eu fiquei sabendo. Para a minha surpresa, eram mais de 60, incluindo as opções doces. Frango, frango com catupiry, strogonoff de carne, pepperoni com cream cheese, maravilha de queijo (catupiry, provolone e mussarela), calabresa com catupiry, carne seca e feijoada (pois é!) estão entre as estrelas da casa, ou seja, as mais pedidas. Todas as opções do menu tem um preço médio de R$ 6,90.

Fiquei perdida, mas eu tinha que cumprir essa tarefa tão difícil. Pedi a Glu Glu, de peito de peru com queijo branco, só pra fazer uma média com o meu lado mais light. Depois veio a de Cordeiro, com molho de hortelã a parte, a de pepperoni com cream cheese, a de carne seca e a de frango com catupiry – todas deliciosas e muito bem recheadas, mas a tradicional poderia ser melhor. Pra quem quiser completar as calorias, uma boa notícia: tem os clássicos refrigerantes Dr. Pepper, Crush, 7up e algumas cervejas artesanais.

SantaCoxinha-21

SantaCoxinha-24

SantaCoxinha-31

As coxinhas chegam tão sequinhas na mesa, que por alguns minutos eu poderia acreditar que a minha dieta estava mantida. Mais um milagre dessa Santa Coxinha. O tamanho de cada uma delas é ideal, acredito eu, para que todo mundo prove vários sabores. Não é nem grande e também não é mini, como é o caso das opções doces, o que é uma vantagem. Afinal, coxinha doce não precisa ser do tamanho tradicional, pra não ficar enjoativo.

Óbvio que eu pedi mais de uma, até porque meu pé já estava enfiado na jaca desde o momento que avistei a coxinha gigante na porta. Entre as opções, brigadeiro, doce de leite uruguaio, Nutella, Ovomaltine, Paçoquita e Lindt, todas ao preço de R$ 2,90, com exceção da última, que custa R$ 5,90. Elas chegam a mesa polvilhadas com açúcar e finalizam a comilança sem aquela sensação de que você exagerou na brincadeira. No meu reino, essa Santa seria a padroeira, sem dúvidas.

SantaCoxinha-12

SantaCoxinha-10

SantaCoxinha-19

SantaCoxinha-16

SantaCoxinha-20

SantaCoxinha-26

SantaCoxinha-24

SantaCoxinha-29

SantaCoxinha

SantaCoxinha-4

SantaCoxinha-5

SantaCoxinha-9

SantaCoxinha-8

SantaCoxinha-7

SantaCoxinha-14

SantaCoxinha-33
Todas as fotos © Brunella Nunes

Se você vai levar aquele seu amigo fitness, a casa também serve sucos e lanches naturais, e por outro lado também tem lanches ogros level hardÉ o caso do Ultra X-Tudão, sanduíche que já fez história na cidade. Pesando 3 kg (sim, é um neném),tem 24 ingredientes e 7500 calorias.

Com pão sírio, hambúrguer, calabresa, salsicha, frango desfiado, bacon, presunto, queijos prato e cheddar, catupiry, ovo, maionese, batata palha, fritas, purê e polenta, custa R$ 100 e pode ser dividido. Já estou morta com farofa só de escrever tudo isso.

UltraXTudao

Santa-Coxinha
Fotos: divulgação

Santa Coxinha
Praça República Lituana, 73 – Vila Zelina/SP
Tel.: (11) 2345-4249/ 2347-3229

Horário: segunda a sábado, das 10h às 22h30