Série emocionante mostra o parto humanizado de brasileira com as duas pernas amputadas

Lurdes Soares, mato-grossense, atendente de call center, foi atropelada por um caminhão aos sete anos. O acidente teve como consequência suas duas pernas amputadas. No entanto, a sua deficiência nunca foi uma limitação. E sim mais um dos desafios que enfrentara.

“A verdade é que foram as pessoas que tiveram que aprender  a lidar comigo. Quando criança, se eu queria brincar de esconde esconde, eu ia brincar. As outras crianças que tinham que se adaptar a brincar comigo. Nunca permiti que me deixassem no canto.”, conta Lurdes ao blog Mãe Onça.

Agora que já a conhecemos um pouco melhor, imaginemos uma situação: Lurdes quer fazer um parto humanizado. Mas todos os médicos falaram um cessaria e tentaram a convencer. E você acha mesmo que ela desistiria tão fácil? Que nada! O pequeno Derik nasceu perfeito, com 2,5 kg – de parto normal humanizado.

lurdes11

Para quem ainda não está familiarizado com o assunto, isso quer dizer que ele pode ser realizado na água, na maternidade ou no centro cirúrgico. O fator principal é que nele a natureza faz o seu trabalho. Ou seja, é um parto com o o mínimo de intervenções possíveis. Entenda mais aqui.

Foram 18 horas de trabalho de parto sem anestesia e nenhuma intervenção médica. “Foi uma explosão de sentimentos, é a coisa mais emocionante da vida de uma mulher, algo divino”, completa. O resultado é para lá de inspirador! E você pode conferir abaixo, com um belíssimo ensaio fotográfico.

Espia só:

lurdes10

lurdes6

lurdes9

lurdes7

lurdes8

lurdes5

lurdes4

lurdes1

lurdes3

lurdes2

Todas as fotos © Elis Freitas

Veja também: Série fotográfica retrata de forma emocionante as etapas de um parto humanizado no Brasil.