Moda sustentável: startup permite que pessoas peguem roupas emprestadas e depois passem adiante

Muita gente se preocupa em vestir-se bem e sair por aí desfilando seus novos looks. Porém, até mesmo blogueiros de moda se surpreendem ao conhecer o lado escuro da indústria. Escravidão, uma pegada nada ecológica e muitos restos de tecido indo para o lixo estão por trás das roupas da última coleção que você vê nas revistas. Como reduzir esse dano?

Uma start up sueca acaba de lançar uma iniciativa que promete reduzir, ao menos em parte, esse problema e ajudar a conscientizar as pessoas. Conhecida como ShareWear, a plataforma pretende incentivar pessoas a compartilhar suas vestimentas ao invés de investir sempre em roupas novas – e o melhor de tudo: é grátis!

share1

A ideia veio à público no dia 20 de janeiro e ofereceu inicialmente o empréstimo de roupas de algumas marcas suecas, como Filippa K, Uniforms of the Dedicated e Hope. As peças são divulgadas através do Instagram e a primeira pessoa a comentar na publicação pode usar o item por sete dias. Depois desse período, a peça precisa ser retornada para que outra pessoa possa usá-la. Todas as roupas também estão disponíveis no site do projeto, para que qualquer um possa manifestar seu interesse e entrar na fila para usar uma das peças.

Mas a iniciativa vai mais longe e convida pessoas comuns a compartilhar suas roupas também. Para isso, é preciso apenas publicar uma foto da peça no Instagram com a hashtag #sharewear e informações como local em que ela está disponível e tamanho.

Confere só alguns dos itens disponíveis:

share2

share3

share5

share6

share7

share8

Todas as fotos: Reprodução Sharewear.