Brasileiro usa o universo para retratar a beleza afro e celebrar a diversidade

Depois de anos de ditadura das chapinhas, cada vez mais gente vai abandonando a ideia de fazer alisamento e abraçando seus cabelos do jeito que eles são. Foi com o objetivo de dar mais representatividade e força para as pessoas assumirem seus fios naturais que o artista Yorhán Araújo criou a série Universos.

O ilustrador fluminense explica que os desenhos de galáxias e sistemas solares buscam mostrar que cada pessoa é um universo particular, podendo (e devendo) ter toda autonomia para adotar o estilo que preferirem.

Segundo Yorhán, ele mesmo não se sente muito bem representado em personagens da cultura pop, e acha necessário que a arte represente outros biótipos para que as pessoas deixem de ter o mesmo padrão como objetivo.

A série ainda não acabou, e, depois de criar personagens negros e negras, ele pretende representar culturas, tribos de diversos lugares do mundo. Para Yorhán, a arte que não faz pensar não faz sentido, sendo dever do artista buscar passar mensagens de que o mundo precisa, como a aceitação do diferente.

Confira as ilustrações da série Universos:

índice

1

4

3

2

7

5

Todas as fotos © Diego Cyrne

Gostou? Para ver mais do artista, acesse o Facebook ou o Instagram. Veja também a série Devaneios com Sigmund e Freud.