Fotografia

Saiba como era feito o ‘Photoshop’ nos anos 1930

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Hoje em dia sabemos que praticamente toda foto publicada em uma revista passa por algum tipo de retoque no Photoshop. Bons tempos em que víamos as fotos e podíamos confiar que elas não foram editadas, não é? Bem… não.

Em 1930, o fotógrafo George Hurrel fotografou a atriz Joan Crawford para a divulgação do filme Laughing Sinners. O negativo foi entregue a James Sharpe, especialista em edição, que passou seis horas retocando a imagem – algo que hoje leva uns 10 minutos. Ah, a tecnologia…

Antes:

antes

Depois:

dps

Segundo usuários do Reddit, as ferramentas Dodge e Burn do Photoshop são inspiradas nas técnicas manuais. Elas foram amplamente utilizadas para retocar fotografias do início do século passado até o surgimento dos softwares.

A técnica Dodge consiste em colocar uma sombra sobre o negativo, deixando menos luz chegar ao papel fotográfico e tornando o resultado mais claro. Já a Burn é o contrário: faz-se uma sombra em toda a figura, menos num ponto, que recebe mais luz e fica mais escuro. Como no processo manual não havia Ctrl + Z, errar significava começar tudo de novo…

dc8f18a971d5efca_hjBNlxN.xxxlarge

Imagens: reprodução


Redação Hypeness

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Veja Também
A melancolia é a marca das fotos em preto e branco da cantora Patti Smith