Roteiro Hypeness

Roteiro Hypeness: um dos 10 passeios de trem mais bonitos do mundo é no Brasil

por: Júlia Storch

Publicidade Anuncie


Uma viagem de trem descendo uma montanha, com uma taça de champanhe e um café da manhã com várias opções, servido em uma bandeja. Você logo imagina que seja na Europa? Pois não, está mais perto do que você imagina, e sem deixar de valer a vista, tanto que foi considerado pelo The Guardian como um dos 10 passeios de trem mais espetaculares do mundo (!). Seja bem-vindo ao Serra Verde Express, em Curitiba. Destino? A pacata e bucólica Morretes!

Saindo aos finais de semana, pontualmente às 9h15, o trem percorre 110 km, porém feitos em 3h, com algumas paradas para a passagem de trens de carga, pausas para a vista, como a Cascata Véu da Noiva, ou a Ponte São João, de 1885, e de tirar o fôlego dos que passam pelo seu vão livre de 110 metros de altura.

sala_imprensa_serraverdeexpress02 De tirar o fôlego mesmo, não? Foto: Divulgação

Uma das 55 pontos pelas quais o trem passa no trajeto. Foto: Divulgação Uma das 55 pontes pelas quais o trem passa no trajeto. Foto: Divulgação

Com um guia contando os melhores fun facts do expresso, (sabia que Tea, chá em inglês, é uma sigla para Transporte de Ervas Aromáticas?), visita à cabine do maquinista (que te deixa até tocar a buzina), a viagem segue com a melhor vista da Mata Atlântica. Você pode escolher dentre as quatro opções de categorias de vagões, agradando todos os bolsos. Fomos na opção Luxo, com sofás e poltronas de couro e veludo, meia luz e open bar. Vem ver só!

Interior do vagão de luxo do Serra Verde Express. Foto: Divulgação Interior do vagão de luxo do Serra Verde Express. Foto: Divulgação

O TREM! Foto: Júlia Storch O TREM! Foto: Júlia Storch

Parada no Santuário da Nossa Senhora do Cadeado. Foto: Júlia Storch Parada no Santuário da Nossa Senhora do Cadeado. Foto: Júlia Storch

Parada durante o percurso. Vista incrível da serra. Foto: Júlia Storch Parada durante o percurso. Vista incrível da serra. Foto: Júlia Storch

Chegando em Morretes, você vai ter que provar o famoso barreado! Um prato de 300 anos que demora 22 horas para ficar pronto… Trata-se de uma carne marinada por 10 horas e depois cozida por mais 12 horas em uma panela de barro vedada à moda antiga (farinha e água selam a tampa = ‘barrear’), muito macia e saborosa, quando chega à mesa, você mesmo mistura com farinha de mandioca e saboreia com bananas fritas ou in natura. Depois tome o aperitivo de cachaça de banana!

A especialidade dentre 10 dos 10 restaurantes da cidade! O barreado. Foto: Júlia Storch A especialidade dentre 10 dos 10 restaurantes da cidade! O barreado. Foto: Júlia Storch

A pacata e graciosa Morretes. Foto: Júlia Storch Casarões, igrejinhas, muitos doces de banana e uma feirinha na praça. A pacata e graciosa Morretes. Foto: Júlia Storch

Ao voltar para Curitiba, o percurso é diferente, porém não menos encantador. Segue-se de carro pela Estrada da Graciosa, uma sinuosa estradinha de paralelepípedo do século XIX, antigo percurso dos tropeiros. Orgulho dos paranaenses, foi declarada pela UNESCO como área de Reserva da Biosfera por conta das abundantes fauna e flora locais!

Realmente uma estrada que faz jus ao seu adjetivo! Foto: Marcos Pereira

Nada como descansar de um dia cheio de vistas esplendorosas, natureza e comida boa, no Nomaa Hotel. Com uma hospedagem elegante e descomplicada, design, conectividade, gastronomia (e que gastronomia), não passam despercebidos. Além disso ele é pet friendly!

Hotel Nomaa em Curitiba. Foto: Divulgação Hotel Nomaa em Curitiba. Foto: Divulgação

Lobby e restaurante Nomade, no Nomaa Hotel. Foto: Júlia Storch Lobby e restaurante Nomade, no Nomaa Hotel. Foto: Júlia Storch

faixa_roteiro


Júlia Storch

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.