Como ninguém entendia, esse cartunista decidiu desenhar como é namorar um homem trans

Às vezes, os homens com quem eu saio têm vaginas“. Se essa frase parece um pouco confusa, é bom tirar seu preconceito do meio do caminho já, e o cartunista Bill Roundy promete te dar uma mãozinha na hora de entender essa coisa louca e linda que é a sexualidade humana.

Bill sempre foi gay e nunca transou com mulheres na vida. Mas passou a se interessar por transhomens recentemente – ou seja, ele passou a se interessar por homens que haviam nascido mulheres e, por acaso, ainda tinham vaginas. Foi aí que a “patrulha da sexualidade” entrou em ação e muita gente passou a questionar sua homossexualidade porque ele estava namorando e transando com “mulheres” (na verdade, eles eram transhomens, ok?).

Mesmo que ninguém tenha nada a ver com sua vida sexual, Bill resolveu explicar do melhor jeito como é ser gay e namorar um transhomem. Os quadrinhos são inspiradores e podem ajudar muita gente na hora de explicar (ou entender) mais essa faceta da sexualidade.

Espia só:

trans1

trans2

trans3 trans4 trans5 trans6

Todas as imagens © Bill Roundy