debate

Este post sobre crianças e consentimento se tornou viral e precisamos discuti-lo

por: Tuka Pereira

Publicidade Anuncie


Mandar seu filho abraçar ou beijar um amigo da família ou parente pode parecer uma coisa inocente, mas, como mostra uma controversa publicação que vem repercutindo bastante, este ato pode dar às crianças uma mensagem perigosa sobre as regras do consentimento.

Tenho 5 anos. Meu corpo é meu corpo. Não me force a beijar ou abraçar. Estou aprendendo sobre consentimento e seu apoio ajudará com que eu me mantenha segura pelo resto de minha vida” – esta mensagem foi publicada na página do Facebook A Might Girl, juntamente com trechos de um artigo intitulado “Eu não sou dona do corpo do meu filho“, da escritora e produtora da CNN, Katia Hetter.

14680716_1136399979729647_1033044847492813256_n

No texto, Katia argumenta que incentivar as crianças a se submeter a afeição não desejada é ensiná-las que seus corpos não lhes pertencem. Com isso, forçá-los a tocar pessoas que não querem realmente poderia deixá-los vulneráveis a abusadores sexuais.

O post abriu um canal de diálogo sobre o que os pais devem e não devem ensinar a seus filhos. Desde que foi publicado, ele já recebeu 89 mil reações e foi compartilhado mais de 160 mil vezes. Várias pessoas aplaudiram a ideia, enquanto muitas outras argumentam que ela pode ensinar as crianças a serem egoístas e isoladas.

Dá uma olhada no post na íntegra abaixo e deixe sua opinião nos comentários!

Todas as imagens: Reprodução


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.