A história misteriosa e intrigante do Integratron e dos ‘banhos de som’ do deserto de Mojave

Muitos spas mundo a fora oferecem melhorias de saúde e bem estar através de terapias exóticas e pouco ortodoxas. Nenhum, porém, chega perto do exotismo e do mistério que rodeia o Integraton, um local construído no final dos anos 1950, no meio do deserto do Mojave, nos EUA, para ser um local de rejuvenescimento, com força anti-gravitacional e para viagens no tempo.

integratron11

A construção é composta basicamente por uma abóbada branca, criando uma estrutura acústica perfeita. A curiosidade começa, no entanto, justamente em sua construção: segundo a lenda, seu criador, o engenheiro e ufologista George Van Tassel, recebeu as instruções para levantar o local diretamente de visitantes vindos do planeta Vênus.

George Van Tassel e um modelo do seu Integratron George Van Tassel e um modelo do seu Integratron

Dentre os doadores que ajudaram a juntar fundos para a construção do Integraton estava ninguém menos que o multimilionário da época (e não menos exótico) Howard Hughes.

integratron4

Vessel garantia que o local é repleto de forças magnéticas capazes de afetar as células humanas para o bem e rejuvenesce-las. Depois da morte de Vessel, o local se transformou em uma espécie de “spa sonoro”, onde o visitante pode tomar “banhos de som” como parte de um processo de relaxamento profundo, como uma espécie de meditação sonora.

integratron9

integratron10

integratron5

Na câmara acústica, toda construída em madeira, o som de tigelas e quartzo sendo tocadas é a responsável pelo relaxante banho de som. Quem visitou, garante que, sendo você venusiano ou não (e para além da real capacidade de rejuvenescimento ou de nos deslocar no tempo), a experiência é incrivelmente etérea, profunda e verdadeiramente relaxante.

integratron7

integratron3

integratron2

integratron1

© fotos: divulgação