inspiração

Depois de se sentir uma estranha na maternidade, fotógrafa decide retratar mães modernas

por: Tuka Pereira

Publicidade Anuncie

Quando tinha 23 anos, Celia Sanchez se tornou mãe e se sentiu completamente diferente das outras mães.

Quando eu levava meus filhos para a creche, eu me sentia como se eu não fosse como as outras mães“, contou ao UpWorthy. “Eles eram muito mais velhas e eu me sentia um pouco distante delas. Me diziam muitos ‘Oh, você é tão jovem para ser uma mãe,’ e ‘Você realmente não se parece com uma mãe’… Mas sempre pensei ser tolice dizer que alguém não se parece como uma mãe”.

Motivada pelos olhares de julgamento que recebia, Sanchez estendeu a mão a amigas e mulheres desconhecidas para um projeto de fotografia muito poderoso. A série de fotos intitulada “Devotada” apresenta mães ‘não típicas’ e seus filhos. Repletas de tatuagens e cabelos diferentes, essas mulheres não parecem mães comuns à primeira vista e este é justamente o objetivo.

maes-1

Nos últimos três anos, Sanchez clicou as mulheres sozinhas acompanhadas de seus filhos e espera que o trabalho incentive as pessoas a reconsiderar suas primeiras impressões.

Eu conhecia mães que não se pareciam com uma ‘mãe típica’ e sempre quis fotografá-las para lhes mostrar que ninguém precisa procurar uma determinada maneira de ser mãe“, disse ela.

Confira o trabalho da fotógrafa:

 

maes-2

maes-3

maes-4

maes-5

maes-6

maes-7

maes_menor

Todas as fotos © Celia Sanchez


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.