inovação

Estudantes criam algoritmo capaz de identificar sarcasmo na internet

por: Tuka Pereira




Publicidade Anuncie


Compreender sarcasmo não é uma habilidade dominada por todos e a internet complica ainda mais a vida desses desafortunados. Por isso, estudantes da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, desenvolveram um algoritmo de inteligência artificial capaz de fazer o que estas pessoas não conseguem.

O programa SASI (Semi-superviser Algorithm for Sarcasm Identification), desenvolvido por David Bamman e Noah S. Smith, detecta sarcasmo e consegue compreender maneiras sofisticadas de comunicação, também considerando figuras de linguagem, por exemplo, e conseguindo converter estes dados em ideias.

O SASI foi criado com o scaneamento de 66 mil reviews de produtos postados por usuários no site da Amazon e a partir de tweets com a hashtag “sarcasm”. Com isso foram identificados padrões de comportamento que indicavam que o internauta estava sendo sarcástico. Desta maneira os pesquisadores garantem que o algoritmo é capaz de ter sucesso de 77% na tarefa de analisar o “tom” sarcástico de um texto.

Além disso, o SASI também foi treinado para saber identificar frases potencialmente sarcásticas, incluindo a capacidade de compreender que as vezes significa o oposto do que ela afirma.

Todas as imagens: Reprodução


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.