estilo

O que acontece quando cinco dos melhores bartenders de SP se reúnem para um desafio

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie


Cinco dos melhores e mais criativos bartenders de São Paulo reunidos em um bar panorâmico e desafiados a servir drinks inovadores usando como base um whisky especial e envelhecido em barril de Xerez. O que poderia dar errado na proposta do concurso Chivas Juntos e Extraordinários?

Da esq. para a dir.: Royter, Sylas, Ivo, Thiago e Valdemir

A resposta é essa mesmo: nada. Deu tudo mais que certo, e os cinco finalistas da edição Sudeste da competição, que vai levar o vencedor das etapas Nordeste e Sudeste para Lima, no Peru, para acompanhar o Clase Maestra, maior evento de coquetelaria da América do Sul, deram um verdadeiro show.

A primeira fase começou com mais de quarenta candidatos, que receberam um desafio simples, mas de difícil execução: Quais ingredientes foram juntos um drink extraordinário? Mais do que uma simples bebida, era preciso criar um ritual capaz de simbolizar a beleza do compartilhamento.

Royter Correia, do Barê, Sylas Rocha, do Riviera Bar, Thiago Pereira, do Sala Especial, Valdemir Cabral, do Sub Astor, e Ivo Rangel, do The View, foram os grandes finalistas. Este último, aliás, jogou em casa: o The View recebeu a final, e os convidados puderam apreciar a vista do terraço da Alameda Santos entre um drink e outro.

A competição tinha como objetivo comemorar o lançamento do Chivas Extra, um whisky especial que chegou ao Brasil em 2014, mas que agora vai além dos mercados e também está disponível em bares de todo o país. O malte envelhecido em barril de Xerez, um tipo de vinho espanhol, traz características como a cor avermelhada, o aroma de nozes, um líquido mais encorpado, mas com textura suave.

Para escolher o melhor entre os melhores foi convidado um júri de peso Mijung Kim, embaixadora de Chivas em São Paulo, Marcelo Santiago, do Difford’s Guide, Maurício Porto, d’O Cão Engarrafado, e Jairo Gama, do The Sailor Pub, tiveram o prazer de experimentar os drinks e a difícil tarefa de fazer as avaliações.

Parte do júri, da esq. para a dir.: Jairo, Maurício e Mijung

Valdemir Cabral foi o primeiro a se apresentar. Ele usou café nordestino para fazer referência a um ritual compartilhado por milhões de brasileiros todos os dias e à hospitalidade de sua região natal. Chivas Extra, refrigerante de gengibre e xarope de coco completavam a receita, finalizada com espuma de Chivas Extra com amêndoas e licor de ervas finas e chocolate meio amargo de amêndoas.

Em seguida Thiago Pereira revelou o drink Era Uma Vez, inspirado em contos de fadas. Shrub de maçã, compota de figo, licor de pera com chá de frutas vermelhas, vermute com especiarias e grapefruit foram misturados ao Chivas Extra para criar uma bebida doce e agradável, combinada com o amargor do Matcha na base da taça.

Ivo Rangel, “jogando em casa”, no The View, onde trabalha, se inspirou na família Matarazzo para combinar whisky e seu “mix visionário: chá mate com amêndoas e avelãs. Tudo finalizado com perfume de chocolate com amêndoas, além de uvas passas.

Sylas Rocha, com cartola de mágico, deu show na apresentação. Seu drink de whisky com moscatel, Luxardo, óleo de laranja, licor de camomila, bitter de chocolate e bitter savoy agradou, além dos jurados, a todos os convidados, já que ele preparou uma garrafa especialmente para que o público pudesse experimentar e comemorar junto.

Por fim, Royter Correia juntou Chivas Extra a licor de Cumaru, xarope de castanha de baru e um mix de limão cravo e taiti, finalizado com espuma de camomila. O mais jovem dos competidores, que começou na coquetelaria profissional há apenas dois anos, mostrou que era um candidato forte na disputa pela viagem a Lima.

Mas o vencedor foi mesmo Sylas Rocha, bartender do Riviera Bar. Seu drink criativo e com personalidade e o show na apresentação garantiram a vitória, e ele vai ter que abrir espaço em sua agenda para ir até o Peru em agosto para aprender com os melhores da coquetelaria sul-americana.

Já a final da edição Nordeste aconteceu no Recife e reuniu Alex Yuji, do Orbita Blue (Fortaleza), Rodrigo Damasceno, do SP 20 (Salvador), Reinaldo dos Santos, do Anjo Solto (Recife), Paulo de Melo, do Le Chef (Recife) e Mauro Melo, do Em Cima Gim Bar (Recife).

Da esq. para a dir.: Paulo, João Morandi, Rodrigo, Paula Limongi, Reinaldo, Mauro e Alex

Mauro foi o vencedor com o drink O Passageiro, que retratava as fases da vida do ser humano. Os jurados do Nordeste foram João Morandi (mixologista PRB), Paula Limongi, Embaixadora Chivas Nordeste, Flavia Gusmão (Jornalista crítica em gastronomia e bebidas do Jornal do Commercio) e André Porto (Editor Chefe da Revista Mesch).

Mauro vai se juntar a Sylas na viagem até o Clase Maestra para representar o Brasil. Juntos e Extraordinários, eles mostram que coquetelaria também é uma arte. Lembrando sempre que sofisticado é beber com moderação, e que compartilhar é um prazer, mas apenas com maiores de 18 anos ;).

Fotos São Paulo: Márcio Andrade/Clube do Barman

Fotos Nordeste: Divulgação/Chivas


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.