Roteiro Hypeness

Roteiro Hypeness: Cerveja, flores e jardinagem. Espaço Hoegaarden recebe a primavera em SP

por: Brunella Nunes

Publicidade Anuncie

Que tal aproveitar a primavera aprendendo a cultivar plantinhas e ainda tomando uma cerveja? Essa é a proposta do The Garden is Open by Hoegaarden, um espaço da cervejaria belga Hoegaarden, considerada a melhor cerveja witbier do mundo pelo World Beer Cup. A casa em Pinheiros,São Paulo, une muita cerveja, gastronomia, boa música, aulas de jardinagem e umas festinhas, porque ninguém é de ferro!

Próximo ao metrô Fradique Coutinho, para não dizer quase dentro, o endereço é um colírio para os olhos e um refresco para os pulmões. Passando a fachada de tijolinhos encontramos um lugar forrado de verde, do teto às paredes, com paisagismo assinado pelo escritório Bothanica Paulista. A cor também chega até o prato, já que não podemos beber de barriga vazia.

Há almoço das 12h às 15h entre quarta a sexta-feira, numa pegada bem informal, leve e rápida, com combo a R$ 25. Assinado pelo chef Raphael Despirite, o menu vegetariano conta com amouse bouches, pequenos snacks com ingredientes da estação, como guioza de cogumelos em caldo de cebolas e tostadas; bolinhos de arroz com açafrão, entre outras. Durante os horários de happy hour, que acontece de quarta à sexta das 15h às 22h e durante os finais de semana, ao comprar uma garrafa de Hoegaarden (R$ 10), o visitante poderá escolher sem custo receitas como tartare de beterrabas, iogurte e capuchinha, e plin de alcachofras ao vapor de ervas aromáticas.

Entre as receitas do almoço, chegam à mesa um delicioso nhoque de ricota com queijo grana padano, sálvia e manteiga de avelã, com creme brulée com água de flor de laranjeira para adoçar o paladar. Quem pede uma Hoegaarden para acompanhar tem direito a uma entradinha. Na hora de escolher a bebida, fui seduzida pela Hoegaarden Forbidden Fruit, que é frutada e adocicada mas nem por isso deixa de ser encorpada. O intuito é que os rótulos da marca no cardápio harmonizem com as refeições.

Me empolguei não só com “fruto proibido” como também com a salada, feita de PANCs, plantas alimentícias não convencionais, que têm ganhado bastante atenção nos últimos tempos. A ideia de “comer mato” é levada a sério, já que engloba essa categoria coisas consideradas até mesmo ervas daninhas, como o dente-de-leão (aquela florzinha que você assopra), o trevo de três folhas e a serralha. As flores também entram nessa onda, mas vale lembrar que é melhor não sair caçando essas iguarias da natureza antes de se informar muito bem!

Aliás, seria melhor cultivá-las em casa e ver a magia acontecer. Incentivando o nosso lado botânico, o espaço pop-up oferece workshops e bate-papos gratuitos voltados para essa área. A programação inclui oficinas como composição de arranjos e flores, técnicas para cultivos de plantas em casas e apartamentos, criação de terrários, entre outros. Além dos workshops, o espaço conta ainda com as roupas da marca de moda independente VOA, que seguem padronagem no gender.

É normal ter assassinado algumas plantas em casa, acredite: todo mundo que já ganhou uma flor que seja, passou por isso. Para evitar o luto dessas mortes aí, muitas vezes prematuras, Marina Coutinho, idealizadora do Da Horta Cultivo Afetivo, ensinou a plantar em garrafas, tirou algumas de nossas dúvidas, deu dicas e fez com que a gente colocasse a mão na massa. Ou melhor: na terra. Cada um pegou uma mudinha para chamar de sua e o hortelã foi o meu escolhido.

A socióloga Roberta Jereissati, que estava na aula comigo, me confessou que já matou várias plantinhas em seu apartamento, mas não desiste e quer fazer a ideia dar certo. “De um tempo pra cá comecei a comprar e a me interessar mais pelo tema porque eu acho muito bonitinho mesmo. Às vezes tenho algumas dificuldades e elas acabam durando pouco. Não entendo muito de planta, mas gosto e estou tentando me dedicar ao o que tenho. Com as suculentas estou indo super bem e elas vão se reproduzindo. Estou começando a curtir e querendo aprender um pouco mais”.

É, gente…quando esses filhos dão novas crias a gente fica feliz da vida!

O mesmo aconteceu com a economista Isabela França Tazima, que divide apartamento com as amigas e foi se apaixonando cada vez mais por sua hortinha montada na sala. Mas não foi uma tarefa fácil, porque de início a falta de informação e experiência acabavam frustrando. Mas agora ela colocou como meta não só ter, mas cuidar de suas plantinhas. “Não sei, é estranho, nunca tive uma grande afeição por plantas, apesar da minha avó e da minha mãe já terem tido uma floricultura. Se eu soubesse o que era um coqueiro, uma rosa e grama já era muito! Mas desde que eu vi essa oportunidade da Hoegaarden achei que estava na hora de me interar. E aí minha horta começou a vingar e, é engraçado, mas comecei a criar afeto pela planta. É como se fosse um mini bichinho de estimação. É uma experiência muito legal, muito prática e com vários benefícios além do visual. É orgânico e realmente traz muita satisfação pegar algo que você fez crescer”, comemorou.

É exatamente assim que saí de lá, com uma sensação de prazer que passou do ambiente à mesa e chegou até a nova integrante da minha hortinha caseira. Levar um pedacinho do lugar com você acaba criando um laço e dá vontade de voltar inúmeras vezes. Mas é preciso correr, porque tudo o que é bom acaba! O The Garden is Open by Hoegaarden ficará aberto até o dia 15 de outubro,. Confira a programação completa da casa no Facebook e aproveite a florada!

Serviço
The Garden is Open by Hoegaarden | aberto até 15.10.17
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 47
Horário de funcionamento: de quarta à sexta, das 12h às 22h; sábados e domingos, das 16h às 23h
Entrada: gratuita de terça à sexta e aos sábados e domingos, R$ 20.
Contato: https://www.facebook.com/HoegaardenBrazil/

Todas as fotos: © Brunella Nunes


Brunella Nunes

Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Veja Também
Semana Internacional de Música recebe Maria Gadú e mais 130 atrações musicais