Debate

Operador de VT que vazou vídeo racista de Waack posa na bancada do ‘Jornal da Globo’

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie


Diego Rocha Pereira, um dos responsáveis por divulgar o vídeo em que o jornalista William Waack aparece fazendo comentários racistas, o que causou seu afastamento, voltou à redação da Globo recentemente.

A visita, que ninguém sabe pelo que foi motivada, foi descoberta após o operador de VT publicar uma foto em seu Instagram onde aparece sentado na bancada do Jornal da Globo, justamente o noticiário do qual Waack era âncora.

Segundo o UOL, a direção da emissora está fazendo uma varredura nas câmeras de segurança para descobrir quem autorizou a entrada do ex-funcionário e, principalmente, quem bateu a foto publicada.

Por meio de seu canal de comunicação, a Globo enviou nota informando que está apurando a ocorrência antes de tomar medidas cabíveis.

Waack estava cobrindo eleição de Trump em Washington quando fez os comentários

Diego fazia parte da equipe que estava no switcher, o departamento que comanda transmissões de televisão, em novembro de 2016, quando William Waack reclamou de um homem que buzinava insistentemente em frente ao estúdio panorâmico da emissora, em Washington, nos Estados Unidos. O jornalista cobria a eleição de Donald Trump.

Nessa hora, o âncora se virou e comentou com Paulo Sotero que a bagunça provocada pela buzina era “coisa de preto“. Desde então, ele perdeu o posto tanto no Jornal da Globo, quanto no programa Painel, da GloboNews.

O que acham?! #didiconoplimplim #tvglobo #sechamareupenso

A post shared by Didico Rocha (@diego_rocha) on


Fotos: Instagram/Reprodução


Redação Hypeness

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Veja Também
China colhe DNA e biometria de minoria muçulmana em vigilância disfarçada de programa de saúde