Diversidade

Após anúncio racista com criança, The Weeknd não irá mais trabalhar com H&M: ‘Profundamente ofendido’

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

O cantor Abel Makkonen Tesfaye, popularmente conhecido como The Weeknd, se manifestou contra a publicação racista da empresa de moda Hennes er Mauritz (H&M), que usou uma criança negra para vender uma blusa com a frase “o macaco mais legal da selva”.

Em seu Twitter, The Weeknd se disse “envergonhado” e “profundamente ofendido” com a imagem, garantindo que não irá mais trabalhar com a empresa. “Acordei esta manhã chocado e envergonhado com essa foto. Estou profundamente ofendido e não trabalharei com a H&M nunca mais”, disse ele.

Em 2017, a H&M lançou uma linha de roupas em parceria com o cantor. A marca se manifestou após o anúncio ganhar as redes sociais, pedindo desculpas “a quem se sentiu ofendido”.

Foto: Reprodução


Redação Hypeness

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Finalmente alguém criou toucas específicas para cabelos afro