Inovação

Tudo o que sabemos sobre o lançamento de um carro Tesla para o espaço no foguete mais potente do mundo

por: Vitor Paiva

Patrocinado por:

Publicidade Anuncie

Mais do que mudar o mundo, o empresário sul-africano Elon Musk quer mudar o universo – e ontem ele deu um passo concreto e revolucionário para isso. O lançamento bem sucedido do foguete Falcon Heavy ao espaço, carregando um automóvel Tesla Roadster, coloca a SpaceX, empresa fundada por Musk, na vanguarda de uma nova corrida espacial, com o mais potente foguete do mundo.

O Falcon Heavy é simplesmente o veículo espacial mais poderoso lançado no espaço desde o Saturn 5, da Nasa, que levou astronautas à lua há 45 anos.

Capaz de transportar até 70 toneladas em órbita terrestre, o foguete não só foi lançado com êxito – lançando o Tesla Roadster, empresa da qual Musk também é dono, no espaço (em uma jogada de marketing genial) – como os dois foguetes propulsores que se separaram, dois minutos após o voo, voltaram perfeitamente à Terra, pousando intactos um ao lado do outro na vertical. Um terceiro foguete, porém, erro o alvo na volta e caiu no mar. O lançamento teve um custo de 90 milhões de dólares.

Diversas câmeras registraram o lançamento, e há câmeras instaladas no carro, que traz também um boneco vestido de astronauta no banco do motorista, viajando nesse momento pelo espaço. Segundo Musk, o carro levará seis meses para chegar à órbita de Marte, mas seu sonho é que ele permaneça pelo espaço por “centenas de milhões de anos”, até ser encontrado por uma espécie alienígena. A trajetória prevista é que o carro elétrico dê uma volta ao redor do planeta vizinho.

Mais do que somente divulgar seu carro elétrico – que em 2020 será lançado em uma nova versão como o mais potente e veloz automóvel já produzido, com uma bateria capaz de durar 1000 km por carga – mas da capacidade de seus foguetes.


Musk em frente ao carro que ele mandou para o espaço

Com isso, a SpaceX afirma sua vantagem com relação a outra empresas para futuros contratos com a Nasa e o exército americano, por exemplo, como o próprio Musk se coloca na liderança cada vez mais concreta para seus planos por vir, de uma base espacial na Lua e uma viagem tripulada para Marte.


O Falcon Heavy antes do lançamento

O carro segue sua viagem, transmitindo diretamente do espaço.

 

© fotos: reprodução/divulgação/Reuters


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Série fotográfica desafia sua percepção das cores usando infravermelho