Seleção Hypeness

7 séries e filmes para quem pirou a cabeça com ‘Wild Wild Country’

por: Mari Dutra

Publicidade Anuncie

Após sua estreia na Netflix em março deste ano, a série-documentário Wild Wild Country foi se transformando em uma sensação no serviço de streaming. Apesar de ser acusada de um descaso com as informações, ela vem acumulando adjetivos dos críticos, que se derretem em elogios aos seis episódios da série.

A questão é que a própria história contada por Wild Wild Country já instiga a curiosidade de muitos. Contando a vida do guru indiano Bhagwan Shree Rajneesh, mais conhecido como Osho, a série mostra os acontecimentos após ele criar uma comunidade junto a um grupo de seguidores adeptos do amor livre ao lado de uma pacata cidade na região de Oregon, nos Estados Unidos.

Espia o trailer da produção abaixo (em inglês, mas dá para acionar as legendas automáticas clicando em detalhes > legendas > traduzir automaticamente > português).

A partir daí, uma série de acontecimentos que beiram o absurdo acontecem fazendo com que os espectadores não resistam ao charme de acompanhar o desenrolar da história. Para quem pirou a cabeça com a série, nós listamos outras produções que prometem causar uma sensação similar de estranhamento – e deixar você imaginando como o mundo real pode ser tão louco quanto a ficção.

1. Wormwood

Dirigida por Errol Morris, a série mostra a trajetória de um homem que busca desvendar o mistério por trás da morte de seu pai, o cientista Frank Olson, que se jogou da janela de um edifício enquanto participava de um programa secreto de armas biológicas da CIA. A narração ocorre quase 60 anos depois do ocorrido, quando o filho da vítima faz a função de detetive e jornalista para desvendar os segredos da agência de inteligência americana e nos faz questionar quais segredos ainda podem se manter guardados.

2. Going Clear: Scientology and the prison of belief

Baseado em um livro, o documentário de pouco menos de 2 horas de duração analisa a cientologia através de entrevistas com ex-membros. A produção busca mostrar como as pessoas podem se tornar “prisioneiras da fé” e aponta diversos atos ilícitos que poderiam ter sido cometidos em nome da crença.

3. Jesus Camp

Não são só seitas diferentonas que contam com um lado macabro. Esse premiado documentário acompanha um acampamento cristão nos Estados Unidos e a maneira como crianças são manipuladas através da fé.

4. Holy Hell

Abuso sexual e ordens para que suas seguidoras abortassem fazem parte do passado de um líder religioso conhecido como Michel. É sobre isso que trata este documentário gravado ao longo de 22 anos dentro de um culto chamado Buddhafield.

5. One of Us

Um documentário original Netflix que mostra como é a vida de judeus hassídicos de Nova York através da história de três pessoas que saíram da comunidade e tentam se adaptar ao mundo exterior. A obra fala não apenas sobre as difereças culturais enfrentadas por eles, mas também destaca situações de abuso doméstico e violência sexual entre os membros.

6. Deprogrammed

Este documentário analisa a ascenção da desprogramação, um movimento anti-cultos, criado para reverter a lavagem cerebral a que são submetidas vítimas de cultos“, descreve a página do filme na Netflix. A partir daí, é quase impossível não ficar curioso para entender como isso acontece.

7. Helter Skelter

Produzido para a TV americana, este filme baseado em fatos reais mostra a história de um macabro grupo liderado por Charles Manson na década de 60, que foi levado a cometer diversos assassinatos.

Fotos: Reprodução Netflix


Mari Dutra
Depois de viver na Argentina, na Irlanda e na Romênia, percebeu que poderia carimbar o passaporte mais vezes caso trabalhasse remotamente. Hoje escreve para o Hypeness e mantém um blog de viagens, o Quase Nômade, em que conta mais de suas experiências pelo mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Do corredor da morte à família real: a história do beagle Guy, adotado por Meghan Markle