Cobertura Hypeness

A melhor caipiroska do Brasil vem do interior de SP. E tem sorvete

por: Gabriela Rassy

Publicidade Anuncie

Frutas, gelo e uma dose de vodka. A combinação clássica faz da caipiroska um dos drinks mais populares do Brasil. Mas qual é a melhor receita do país? Com muita criatividade e ousadia para provar que são bons mesmo nisso, mais de 4 mil bares se inscreveram na competição da melhor caipiroska do Brasil – Smirnoff. Um júri técnico avaliou e decidiu, junto com o público, pelos 12 melhores.

O que começou em novembro de 2017 chegou à final neste domingo, dia 15 de abril. Os 12 finalistas se reuniram para conhecer o grande vencedor da disputa: o Senhor Boteco, de Jaboticabal, interior de São Paulo. O anúncio foi feito durante a grande festa de celebração, que rolou na Vila Butantan, em São Paulo.

Caipiroska Tropicália, do Senho Boteco, venceu como a melhor do Brasil

Caipiroska Tropicália, do Senho Boteco, venceu como a melhor do Brasil

A receita do Senhor Boteco, batizada de Tropicália, mistura abacaxi, gengibre, manjericão e, por fim, um ingrediente realmente inusitado: um picolé de tangerina. “A gente confiava muito no nosso trabalho, fez nosso melhor e estava muito confiante. Essa é nossa melhor recompensa”, disse com lágrimas nos olhos Bruno Marchiori, um dos sócios do bar vencedor. “É difícil explicar como foi ganhar essa competição, mas é muito gratificante para um jovem empreendedor como eu, de 25 anos, que começou a construir esse sonho há menos de três, passar por essa experiência. Essa conquista veio coroar um trabalho que vem sendo desenvolvido por mim e por toda a minha equipe”, lembrou ele. “Todos nós somos campeões”, afirma, também emocionado, o barman responsável pela criação, Oseias Ferreira da Silva. “Isso vale muito a pena. Dedicação, amor e carinho”.

João Matos, gerente de marketing de Smirnoff Brasil e responsável pela entrega do troféu para o vencedor da Melhor Caipiroska do Brasil, era outro feliz com o resultado da competição. “Ficamos muito orgulhosos de homenagear a caipiroska, ícone do Brasil, em uma competição tão abrangente. Foram mais de 4 mil bares até chegar ao melhor. O Brasil tem uma diversidade e criatividade enormes, que ficaram evidentes nas receitas desses 12 finalistas que tivemos hoje”, disse.

Tropicália leva o prêmio de melhor caipiroska do Brasil

Tropicália leva o prêmio de melhor caipiroska do Brasil

Oseias Ferreira da Silva, criador do drink, e Bruno Marchiori, sócio do Senhor Boteco, celebram primeiro lugar na competição

Oseias Ferreira da Silva, criador do drink, e Bruno Marchiori, sócio do Senhor Boteco, celebram primeiro lugar na competição

No evento, que foi uma grande festa dedicada à caipiroska, o público e os representantes de cada bar, tiveram a chance de provar as receitas desses 12 bares finalistas. Entre elas estavam a mistura de limão com banana e canela, do Botequim Carioca, de Santo André, a de café, garapa e limão rosa, do Deck Bar, de Londrina, e a de limão siciliano, com gelo de garapa e melado de cana, do Boteco Adoniran, de São Bernardo do Campo.

A grande final teve ainda muito samba, com show especial do grupo Reduto e o set cheio de brasilidades do DJ Rico Capeleiro. O Vila Butantan, lugar escolhido para receber a festa, tem diversos food trucks e restaurantes que abrem diariamente, num ambiente quase todo ao ar livre.

Grupo Reduto garante a alegria do público com clássicos do samba

Grupo Reduto garante a alegria do público com clássicos do samba

As caipiroskas da competição estavam disponíveis nos bares da grande festa

As caipiroskas da competição estavam disponíveis nos bares da grande festa

A Smirnoff tem tudo a ver com caipiroska, mas o que pouca gente sabe é que a marca está ligada com a criação do drink: “Até os anos 70, o brasileiro tomava caipirinha, mas a Smirnoff desafiou trocar a cachaça por vodka e hoje o drink é mais pedido com vodka até”, diz o gerente de Smirnoff João Matos. Mais recentemente, a Smirnoff foi considerada a marca de vodka número 1 do mundo no levantamento realizado por Impact Databank para o Top 100 Premium Spirits Brands Worldwide, no período de 2013 a 2016. Daí para ser a patrocinadora da maior disputa de caipiroskas no Brasil foi um pulo.

Antes de ir até Jaboticabal para provar a melhor caipiroska do Brasil, lembre-se sempre: álcool só deve ser consumido com moderação. E nada de compartilhar bebidas com menores de 18 anos nem de passar perto do volante após ingerir bebidas alcoólicas. Isso não tem a menor graça.

Fotos: Divulgação/Smirnoff
Foto vencedores: Gabriela Rassy


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
6 possibilidades surpreendentes de reciclagem para suas cápsulas de café