Inovação

Lousa mágica para iPad

Redação Hypeness - 17/05/2012 | Atualizada em - 23/05/2012

Boa e velha nostalgia. Certamente se você tem por volta de 30 anos lembra de um brinquedo lançado na década de 80 que basicamente era uma tela de borda vermelha com 2 botões brancos nas laterais utilizados para criar desenhos. Agora esse ícone da infância de muitos pode ganhar uma versão para iPad. Etcher: Etch A Sketch para iPad é um projeto de uma lousa mágica (case) para iPad buscando patrocínio no Kickstarter* . O legal do projeto é que além de desenhar como no antigo brinquedo, você pode salvar e compartilhar suas criações com seus amigos nas redes sociais.

[youtube_sc url=” U1iVbk_dtxM”]

 

Você não sabe o que é Kickstarter?

Futuramente podemos fazer um post sobre, afinal, é uma grande inovação. Basicamente é um site onde mentes brilhantes, ou nem tanto, pedem sua ajuda para viabilizar projetos. É estipulado um valor total para desenvolver e lançar o projeto e os interessados podem contribuir doando uma quantia em dinheiro de acordo com os valores definidos e ganhar algumas regalias do criador do projeto.

No caso da Etcher você pode ganhar um case na sua cor original, cor de edição especial, acesso ao código fonte, ou até 10 aparelhos para distribuir para seus amigos. Um brinquedo para filhos e também para pais nos dias atuais. E você? Vai contribuir?

 

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Faxina Boa: ‘Fiz TEDx, 3 filhos, escrevi livro e esqueci de plantar a porra da árvore’, diz Verônica Oliveira