Arte

Artista faz retrato com 2 milhões de pontos para ajudar homem com amnésia

por: Jaque_Barbosa

Já mostramos aqui no Hypeness o trabalho de Miguel Lendara que cria ilustrações incríveis pacientemente feitas com pontos. E hoje viemos mostrar um outro trabalho dele que tem um propósito muito mais importante por trás.

O retrato feito pelo artista é de um homem que, em 2004, foi encontrado num restaurante de Fast Food na Georgia. Ele não tinha pertences, estava com queimaduras de sol severas e quase cego por causa da catarata. E – o pior de tudo – não fazia ideia de quem era. Depois de meses de avaliações médicas, ele foi diagnosticado com amnésia dissociativa. A partir de então, ele adotou o pseudônimo Benjaman Kyle e embarcou numa busca pela sua identidade, que acabou até virando um curta chamado Finding Bejaman (veja no final do post.) Desde o incidente, ele não consegue tirar documentos nem abrir contas em bancos porque o governo alega que ele já os possui mas, mesmo com todos os recursos como teste de DNA, aparições na TV, cobertura da mídia, ele não conseguiu descobrir sua verdadeira identidade.

O artista Miguel Endara se comoveu com a história e resolveu ajudar da melhor forma que podia – através da arte. Ele desenhou um retrato de Benjaman todo feito com pontos, que demorou 138 horas pra ficar pronto com uma média de 4.25 pontos por segundo. A foto final ficou com mais ou menos 2.1 milhões de pontinhos. A ideia é vender retratos para ajudar Benjaman a conseguir dinheiro para recuperar seus documentos e poder voltar à vida – mesmo que isso signifique criar uma nova.

 

Publicidade


Jaque_Barbosa
Poeira Estelar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Iraniana recria cartas de baralho com desenhos LGBTQ+; joker é mãe amamentando