Fotografia

Fotógrafo percorre a Índia atrás dos seus famosos caminhões coloridos

29 • 01 • 2013 às 07:58
Atualizada em 08 • 04 • 2013 às 14:42
Paulo Moura
Paulo Moura Jornalista paulistano que adotou o Rio de Janeiro como casa. Possui mais de 15 anos de experiência em comunicação corporativa e é sócio-diretor da Agência VIRTA. Apreciador de cerveja, comida ogra, mar e tudo aquilo que combina ou remete a ele.

A buzina é definitivamente um traço marcante da cultura indiana. Não é à toa que os veículos de grande porte que circulam por lá, em geral, não tem o menor pudor em escrever em letras garrafais na sua traseira ‘Horn please’ (Buzine, por favor). Eles assumem que, se você quer passagem, tem mesmo  que buzinar entusiasticamente antes. A expressão, que virou quase um mantra, foi o mote encontrado pelo fotógrafo americano Dan Eckstein para uma série de fotografias focada justamente nos caminhões coloridos e cheios de traquitanas que percorrem as estradas do país.

Dan percorreu mais de 2 mil quilômetros em pouco mais de duas semanas para registrar esses legítimos representantes da cultura indiana. Em entrevista dada a revista Fast Company, ele comenta: “… a Índia é um lugar difícil de se fotografar, porque há coisas coloridas e bonitas por toda parte, portanto você realmente precisa se concentrar para obter uma história que não seja um clichê. E foi justamente nas intermináveis e empoeiradas estradas – onde os turistas normalmente não vão – que encontrei um motivo genuíno e legítimo para fotografar”. Belíssimo registro!

Assista ao stop motion que também resume os 2.500km de viagens de carro pela Índia:

Publicidade

Canais Especiais Hypeness