Fotografia

Fotógrafo registra a vida claustrofóbica dos cidadãos de Hong Kong

por: Redação Hypeness

Com uma área de 1.104km² e uma população de 7 milhões de pessoas, Hong Kong é considerada uma das cidades mais povoadas do mundo e, consequentemente, conhecida por seu horizonte repleto de arranha-céus.

Com uma economia capitalista caracterizada pelo baixo nível de impostos e pelo livre comércio, Hong Kong é um dos principais centros financeiros internacionais com sua moeda sendo a 8ª mais negociada do mundo. Devido a razões históricas, políticas e geográficas, apenas 23,7% das terras de Hong Kong são desenvolvidas, dos quais apenas 6,8% da terra é utilizada para habitação.

O número de pessoas por quilômetro quadrado chega a ser assustador: 6.400! Daí a necessidade da construção de edifícios, o que tornou a cidade uma das mais verticais do planeta com um total de 6.588 arranha-céus! A consequência da super população decreta condições de vida que deixam a desejar. Os cidadãos de Hong Kong acabam sobrevivendo em ‘gaiolas’ claustrofóbicas.

O fotógrafo alemão Michael Wolf, que já apareceu aqui no Hypeness com a série VoyeurPor trás dos trabalhos Made in China e o Sufoco nos metrôs de Tóquio, volta com a série intitulada “Architecture of Density“, onde ele mostra a densa e repetitiva vida dos cidadãos de Hong Kong como se vivessem em caixas de sapato nos edifícios, sem abrir o ângulo para a cidade, apenas para os prédios. Veja só:

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
As fotos aéreas do deserto da Namíbia parecem obras de arte abstratas