Arte

Fotógrafo registra a vida nômade dos caroneiros de trens de carga

18 • 03 • 2013 às 08:55
Atualizada em 08 • 04 • 2013 às 14:05
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Viajando por mais de 80 mil quilômetros através de 46 estados, o fotógrafo do Arizona, Mike Brodie documentou a vida nômade dos ‘caroneiros’ de trem de carga.

Para fazer o registro Brodie utilizou uma Polaroid que encontrou em 2004 no banco de trás do carro de um amigo e acabou ganhando de presente. Ainda adolescente na época, Mike ficou fascinado pela comunidade que viajava o mundo em trens de carga e se jogou nos trilhos para se aventurar e registrar estas experiências.

O fotógrafo de primeira viagem capturou seus companheiros através de retratos íntimos em mudanças de paisagens constantes. As imagens revelam a realidade crua destas viagens, mas compartilha, também o triunfo da vida nas estradas.

Mike resolveu, então, colocar as fotografias online e acabou sendo descoberto pelo dono da galeria Benjamin Trigano, em Los Angeles. Em 2008 recebeu o Prêmio Brodie Baum – para os artistas americanos emergentes. O dinheiro começou a rolar, mas Mike preferiu se formar na escola e hoje trabalha como mecânico e continua expondo seus registros da vida corajosa dos andarilhos solitários e de suas aventuras de viagem. 

O projeto intitulado “A Period of Juvenile Prosperity” está em exposição até dia 6 de abril na galeria Yossi Milo, em Nova York.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness