Fotografia

Conheça as árvores veteranas que sobreviveram à urbanização de SP

por: Jaque_Barbosa

A modernização e criação de uma metrópole traz consigo alguns problemas, como a destruição de espaços verdes e, principalmente, de árvores. Numa homenagem às que resistiram, a SOS Mata Atlântica criou a campanha Veteranas de Guerra.

Lá estão as árvores da Mata Atlântica que resistiram ao urbanismo desenfreado: tem figueiras, cedros, ceboleiros, jequitibás e outras espécies. Cada uma recebe uma medalha de acordo com a sua maior qualidade, seja resistência, força, soberania, superação ou bravura. O site disponibiliza também um mapa com a localização dessas veteranas.

O melhor de tudo é que, além de conhecer todos os dados acerca delas, você pode participar: cadastrando e catalogando novas árvores (é necessário preencher uma ficha e tirar foto da guerreira) ou mesmo denunciando ações destrutivas.

VeteranasdeGuerra9
Foto: Marcelo Ferrelli/SOS Mata Atlântica

VeteranasdeGuerra8
Foto: Marcelo Ferrelli/SOS Mata Atlântica

VeteranasdeGuerra7
Foto: Marcelo Ferrelli/SOS Mata Atlântica

VeteranasdeGuerra6
Foto: Marcelo Ferrelli/SOS Mata Atlântica

VeteranasdeGuerra1

VeteranasdeGuerra2

VeteranasdeGuerra3

VeteranasdeGuerra4

Por causa da urbanização, em São Paulo apenas 16% da flora é nativa, ou seja, a maior parte das espécies é estrangeira. Também pensando nisso, chegou o movimento: descubra tudo e participe na página das Veteranas de Guerra.

parceria-catraca (2)

Publicidade


Jaque_Barbosa
Poeira Estelar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Astronauta e fotógrafo documentam a vida na estação espacial em novo livro