Inovação

Médicos de hospitais particulares cobram 9 vezes menos por consulta em favela

por: Jaque_Barbosa

Em uma época em que tanto se fala e se luta por igualdade, saúde pública de qualidade e tendencialmente gratuita, essa ideia restaura imediatamente nossa esperança: um grupo de médicos dos hospitais particulares Sírio Libanês e do Albert Einstein está cobrando, na entrada da favela de Heliópolis, entre R$ 40,00 a R$ 60,00 por consultas que, pela rede privada, custariam 8 ou 9 vezes mais.

A pergunta é simples e foi feita pelo criador do Dr. Consulta, Thomaz Srougi: “Quem disse que essa população não pode ir ao médico particular?”. A solução encontrada foi a de ter um local com consultas a preços acessíveis e com uma dúzia de médicos formados por universidades de renome, além de todos os equipamentos da maior qualidade.

A clínica foi aberta em agosto de 2011 e obrigou a um investimento inicial de R$ 1 milhão. No entanto, ela hoje realiza cerca de 600 procedimentos por mês e a tendência é de crescimento. Afinal, estamos falando da maior favela de SP e de muita gente sem plano de saúde e que já perdeu horas a fio em filas de espera em hospital público (é pra lá que os doentes vão em casos mais graves, como o internamento).

DrClinica1

Nós só podemos agradecer a iniciativa e citar o próprio site do projeto – “o Dr. Consulta existe para oferecer atendimento médico de qualidade para quem não têm plano de saúde. Rápido, acessível e humano. Simples assim”.

DrClinica2

DrClinica3

DrClinica4

E não para por aí – o pagamento pode ser dividido em duas parcelas.

Publicidade


Jaque_Barbosa
Poeira Estelar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Na Suécia, McDonald’s viram postos de carregamento para carros elétricos