Estilo

Nossa experiência por 10 dias, rodando 3mil km pelo litoral brasileiro num Etios

Vicente Carvalho - 13/08/2013 | Atualizada em - 14/08/2013

As grandes palavras para descreverem essa expedição são: aventura e amizade. Nunca tinha viajado em um percurso de carro tão longo, especificamente 3 mil kms pelo litoral brasileiro, e com um desafio mais que interessante: em um Toyota Etios, com mais cinco blogueiros, em 10 dias de viagem,passando por 6 estados e 9 cidades. Ou seja, irresistível: formada então a equipe da #expedicaoetios.

Os blogueiros da viagem foram (esquerda para direita):

!MUN_0294b2

Vicente Carvalho (Hypeness), Renê Fraga (Autoblog), Pedro Ivo Faro (Novidades Automotivas), Renato Maia (Falando de Carro) Juniorwm (Papo de Homem) e Ewerton Oliveira (Moda para Homens).

Nosso ponto de partida foi a cidade maravilhosa do Rio de Janeiro. Um pouco antes no aeroporto havíamos nos conhecido, e mal sabíamos que ao longo da viagem iríamos viver grande aventuras e estabelecer laços legais de amizade.

Recebemos algumas instruções e dicas de funcionamento do Etios, do gerente da concessionária do Rio. Foram quatro carros, dois hatchs 1.5 XLS e dois sedans 1.5 XLS. Confesso que aprendi mais de carro nesses 10 dias do que dirigindo o meu próprio nos últimos anos. Ambos os Etios são equipados com freio ABS, airbag duplo frontal, travas e vidros elétricos, ar-condicionado, direção elétrica e rádio com entrada USB que reconheceu os iPhones e aguentou um hub com mais outros gadgets juntos nele.

MUN_03172

IMG_2741

Nossa primeira parada foi em Rio das Ostras, para um almoço incrível regado a muitos frutos-do-mar, aliás, me dei ao luxo de comer todos os dias frutos-do-mar, me recusei a chegar perto de carne ou frango, afinal, não é todo dia que temos uma chance de apreciarmos as delícias do litoral do Brasil, né?

Mas antes disso havíamos nos perdido, por conta do GPS ter nos levado a uma rua que não existia, mas foi ótimo, a paisagem era incrível e aproveitamos para tirar fotos e conversarmos um pouco mais.

MUN_0380

Saímos bem cedo com destino a Conceição da Barra e o intuito era de chegarmos no período da tarde e aproveitar as praias de lá. Pois é, “era”, infelizmente alguns trechos da estrada são muito ruins e, além de enfrentarmos diversos caminhões no trajeto, muitos trechos estão em obras de recapeamento, o que fez com que nosso trajeto fosse estendido em algumas horas. Num desses trechos, passamos pelo maior susto da viagem: um acidente com morte. Isso nos deixou muito apreensivos e pensativos até, mas nos fez ficarmos mais próximos e obviamente mais atentos com relação à viagem.

!MUN_0525

Todos com seus gadgets inseparáveis pra registrar a paisagem de Vitória, ES.

!MUN_0537

Depois do susto no segundo dia, ficamos mais próximos, agora entendo como os reality shows mostram pessoas que mal se conhecem e que, rapidamente, ficam muito amigas: é simples, estávamos isolados territorialmente, e acabamos realmente nos aproximado, obviamente zoando com todo mundo, estabelecendo alguns papéis, como o vilão, o maldoso, o palhaço, e por aí vai.

Próxima parada: Trancoso, na charmosa Bahia. Um dos participantes, o blogueiro Junior WM (PDH), nos disse mais de uma vez sobre da sua paixão pelo local, no caminho, paramos para fazer umas fotos, e fiz duas fotos (com ajuda do Ewerton do MPH) zoando os famosos filtros do Instagram, onde mostrei que por lá os filtros são muito mais úteis:

semfiltro com filtro!MUN_06532

Abaixo um vídeo (curtinho) da gente andando por esse lugares nos primeiros dias:

eu e ewerton

Meu companheiro de viagem Ewerton Oliveira, que me aguentou durante os 10 dias com minhas risadas escandalosas

Jantamos em um restaurante super charmoso, dentro de uma área chamada de “quadrado”, um espaço considerado místico, mas que pela época do ano estava bem vazio de turistas, o que não impediu de curtirmos o encantamento do lugar, e que eu visse na mesma noite duas estrelas cadentes.

!MUN_0792 2013-05-19 08.43.45

Antes de irmos para Praia do Forte, jogamos pebolim e aproveitei que estava em Ilhéus e fiz a Gabriela com uma flor no cabelo.

!MUN_0771b

Enfrentamos um dia chuvoso, e o Etios se mostrou resistente e seguro em todo o trajeto, chegamos então numa pousada incrível e capotamos (na cama, e não o carro!!)

No outro dia, trocamos a praia pela bela piscina do hotel, e a essa altura as piadas e conversas já estavam mais do que afiadas.

2013-05-20 11.04.40!MUN_0884

Em mais um dia de viagem, fomos com destino à Aracaju, a estrada estava muito ruim e super mal sinalizada, o que deixa todo o trajeto um pouco tenso, mas nossa chegada compensou demais, pois ficamos num hotel incrível, com uma ar propositadamente rústico, mas extremamente confortável e com internet wi-fi de primeira!

2013-05-21 08.06.39

!MUN_0933

Ficamos poucas horas nesse belíssimo hotel, e saímos cedo no outro dia em direção ao esperado destino de Maragogi, da linda Alagoas. No caminho, nos perdemos e fomos parar numa estrada de terra, o que, depois de passada a confusão e nos localizamos, deu  um charme e deixou a viagem com mais cara ainda de expedição.

Chegando por lá, fomos na praia mais bonita que conheci até hoje: Praia de Ponta do Mangue, com uma água morna, e uma cor indefinida entre o verde e o azul, lá foi onde mais tempo ficamos dentro da água, pois a vontade era de não sair mais de lá, que lugar incrível!

Nos perdemos, mas ainda bem que o carro segurou o tranco!

Nos perdemos, mas ainda bem que o carro segurou o tranco!

!Captura03

2013-05-22 13.41.56

!MUN_11202013-05-23 09.11.23

Chegou então o dia de conhecermos dois santuários naturais mantidos pela Fundação Toyota, na APA Costa dos Corais. Primeiro fomos ‘visitar’ os peixes-boi, espécie em extinção no Brasil, e que encontra em Japaratinga – AL, um habitat natural para, quem sabe, até procriarem. Fomos acompanhados por guias treinados e que nos falaram da característica dócil e pacífica do peixe-boi, o que o tornou durante muitos anos alvo fácil de caçadores.

DSC06646

2013-05-22 10.38.31

2013-05-22 11.09.26

Foi uma bela e enriquecedora experiência, sem dúvida. Mas também conhecemos uma outra área preservada e mantida pela Fundação na Costa de Corais em Tamandaré – PE, eu nunca havia feito mergulho, e que bela visão observar embaixo d’água os corais e os peixes, dentro de uma paisagem intocada e deslumbrante.

!MUN_1136

!GOPR5431

Abaixo, um vídeo que o Júnior do PDH fez embaixo d’água, que dá pra sentir um pouco como foi a sensação do mergulho:

No último dia, já em Recife, fomos conhecer a recém inaugurada concessionária Toyolex, uma bela construção, onde antes era um casarão antigo, foi todo revitalizado, e com cuidados de preservar as características do antigo local, indo da cor da madeira original das portas, até o sistema de reaproveitamento da água da chuva. Não parecíamos que estávamos em uma concessionária.

!MUN_1315

No fim, apesar de não entender tecnicamente de carros, tive a ótima sensação que o carro proporciona muita segurança e conforto, e percebi que pequenos detalhes foram pensados, desde porta-trecos pra lá de úteis até o painel velocímetro que, inicialmente havíamos estranhado por ser no centro do carro e não na frente do volante, mas que depois percebemos que a noite isso faz muita diferença em não nos distrair e cansar a vista. Ah, e tem ainda o consumo de gasosa, que foi super bom, (média de 13 km/l) pois estávamos sempre com 3 pessoas no carro e mais uma grande quantidade de equipamentos e coisas muito pesadas.

O que levarei da #expedicaoetios?

Uma grande bagagem de histórias engraçadas, dos memes criados na viagem, das amizades que começaram ali e que continuam depois desses intensos 10 dias, uma imensa gratidão pela equipe que nos acompanhou, que foram sempre muito solícitos e que integraram-se muito bem com um bando de blogueiros loucos, e, claro, à Toyota, pela confiança e inovação de fazer um projeto desse âmbito, e pela coragem de dar a cara à tapa nos mandando para essa expedição.

Publicidade


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.