Criatividade

Nova coletânea de comerciais que fogem dos clichês de sua categoria

por: Vicente Carvalho

Na seleção anterior, vimos excelentes exemplos de como podemos fazer campanhas memoráveis fugindo totalmente das ‘regras’ da categoria e sendo mais ousado e inovador – relembre aqui. Descobrimos então vários outros vídeos de marcas que resolveram ir para o caminho oposto que seus concorrentes vão, e consequentemente, conseguiram notoriedade e alto engajamento de seus consumidores. Veja mais alguns exemplos:

Academia de ginástica: Virgin Active

Se você já espera ver corpos sarados, pessoas fazendo poses em frente ao espelho e felizes por ter conseguido aquela barriga tanquinho, ou falando sobre a anuidade, esqueça! A Virgin Active nem se denomina como uma academia de ginástica, mas sim como um clube de saúde – ou seja, o foco é o bem-estar. No vídeo, vemos uma neta resgatando o avô de uma vida monótona e sedentária, e o levando para andar de bike junto com amigos da idade dela. Simples e por isso tão comovente, a criação foi da M&C Saatchi Abel de Cape Town.

academia

academia2

academia3

academia4

 

Creme Dental: Oral-B (Itália)

A esmagadora maioria de comerciais da categoria de higiene parecem tratar os consumidores como leigos e bobões, seja mostrando os ‘testes’ de limpeza, que limpa seu vaso 10 vezes mais que produto X (como se pudéssemos saber o que é um grau de limpeza 10 vezes maior do produto), ou então a promessa inviável de dentes mais brancos em poucos dias. Enfim, a lista é grande.

Mas eis que um comercial da Oral-B feito pela ebolaindustries mudou completamente nosso olhar. Em vez de falar dos benefícios técnicos, somos apresentados a situações que nos mostram o poder de um sorriso, revelado em quatro histórias que estão prestes a acontecer: um jovem que vai saber que conseguiu um novo emprego, uma menina que vai conhecer seu novo amigo, uma mulher que irá conhecer um possível novo amor e um executivo que terá uma nova vida, um novo começo. Em todos os casos, o sorriso é parte central para simbolizar a mudança na vida dessas pessoas. Um argumento poderoso e atípico para a categoria de produtos de higiene, simplesmente genial:

oralb

oralb2

oralb3

oralb4

 

Fraldas Descartáveis: Luvs

O produto quase que automaticamente pede bebês fofíssimos usando as fraldas, é algo lindo que todos gostamos de ver, sempre. Mas a agência Saatchi & Saatchi de New York resolveu abordar o assunto de forma divertida, em uma série de pequenos vídeos mostrando o quanto a mãe ganha experiência de um filho pra outro, fazendo tudo de forma mais prática quando está cuidando de seu segundo filho, o que é muito verdade. Veja algumas situações:

Higienizar:

Chupeta:

Passeio de carro para fazer o bebê dormir:

Leitura para o bebê:

maes2

Escrevendo sobre essas campanhas da Luvs, lembrei-me de um vídeo da Perestroika, mostrando as perguntas que as mães gostariam que alguém tivesse respondido (com sinceridade) antes delas terem o primeiro filho. São vários os medos e anseios de mães de primeira viagem que fazem total sentido com os vídeos acima. A produção é impecável e quem é mãe vai se identificar com certeza:

 

Chocolate: Serenata de Amor

Esse vídeo é de 2011, e nos prova que o amor sempre vale a pena, mesmo quando ele acaba, sempre há um novo começo. Uma bela forma de associar a marca ao sentimento de amor, afinal, tem coisa mais linda que receber um chocolate no meio do expediente? Ou simplesmente sem motivo algum?

serenata

serenata2

Pra quem quiser, abaixo a transcrição do texto do vídeo:

Se você tá sofrendo por causa de um amor perdido, eu tenho más notícias: não há nada que você possa fazer.
E não há ninguém que possa ajudá-lo.
Na melhor das hipóteses você vai ter um amigo paciente, pra levá-lo a um bar e ouvir suas queixas.
E eventualmente buscar você em um bar e levá-lo pra casa com segurança nos dias em que você se comportar feito um bobo.
Na verdade, até existe alguém capaz de curar sua dor, mas esse alguém não costuma ter pressa.
Ele se chama TEMPO.
Portanto, procure levantar sua cabeça e dar um passo à diante. Por menor que seja.
Porque você ainda tem um longo caminho a percorrer dentro desse inferno.
Ter pena de si mesmo não vai ajudar em nada.
E por mais que você não acredite, eu posso garantir que você sente algum prazer em cultivar esse sofrimento.
Sim, estar triste é uma forma de exercer a paixão quando o alvo dessa paixão já se foi.
Você está usufruindo o seu direito de viver eternamente apaixonado. Isso é ótimo.
Prova que você é um romântico, mas coisas ótimas não costumam ser baratas, e você tem que pagar seu preço.
Em algum momento, tudo isso vai passar! E nesse caso, quando o furacão for embora, ele não deixará destroços.
Tudo estará em seu devido lugar, como se nada tivesse acontecido.
Você vai recuperar suas noites de sono, vai se sentir revigorado, vai estar feliz consigo mesmo. Vai levantar sua auto-estima.
Você vai estar pronto para entregar o seu coração a outra pessoa, mesmo correndo o risco de partí-lo em mil pedaços novamente, porque: 
O amor sempre vale a pena!

Publicidade


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Esta empresa vai te pagar R$ 50 para comer chocolate