Inspiração

Projeto ensina a arte do graffiti para idosos

por: Vicente Carvalho

Publicidade Anuncie

A partir da percepção que os mais velhos mostravam interesse nas intervenções urbanas feitas pelo Wool – Festival de Arte Urbana da Covilhã, os responsáveis pelo evento, junto com o Coworklisboa resolveram inserir os idosos no universo do graffiti.

Surgiu assim o LATA65, com o objetivo de aproximar os menos jovens a uma forma de expressão geralmente associada aos mais novos, e provar que envelhecimento ativo, solidariedade e aprendizado entre gerações faz cada vez mais sentido. A primeira edição do workshop durou 5 dias, e abordou uma contextualização história de arte urbana e suas manifestações. Numa outra etapa pediram aos idosos que criassem uma tag e que criassem um projeto a respeito do tag escolhido – através de texto, desenhos e colagens. Os dias posteriores foram de ensino das técnicas, desde o spray, stencil, marcador até o vídeo, tudo num ambiente descontraído e alegre.

Segundo o Wool, os resultados ultrapassaram as expectativas e provaram que é possível o diálogo de gerações como forma de apresentar novas atividades e arte contemporânea dita dos mais jovens aos idosos, consequentemente lhes proporcionando uma quebra da rotina, gerando qualidade, jovialidade e bem estar nas suas vidas.

Veja o vídeo do registro de aprendizado dos idosos grafiteiros:

Abaixo, algumas fotos das oficinas:

1-1-600x450

1-2-600x450

2-2-600x450

Publicidade

2-3-600x450

2-11-600x450

3-1-600x450

5-1-600x450

5-2-600x450

5-3-600x450

5-4-600x450

480896_268261296649107_2023977041_n

wool-10

988920_267441243397779_1393726863_n

1001448_263240080484562_2043119176_n

1375755_309981362477100_474524793_n

O projeto foi tão positivo que eles querem levá-lo para mais idosos em mais zonas da cidade. Para isso, apresentaram enquanto proposta para o Orçamento Participativo de Lisboa, onde a população pode votar no projeto, saiba mais aqui.

Fotos da fanpage do Lata 65.

Post por Razões para Acreditar.

Publicidade Anuncie


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.


X
Próxima notícia Hypeness:
Cobrador poliglota vira assessor de relações internacionais do Rio de janeiro