Seleção Hypeness

Seleção Hypeness: As 9 baladas mais criativas do planeta

por: Paulo Moura

Hoje é terça-feira, dia de Seleção Hypeness. E na seleção de hoje viemos falar de diversão. Berlim, Praga, Bogotá, Paris… Fomos atrás de baladas onde dançar é apenas um dos atrativos da noite. A marca dos nove estabelecimentos que rastreamos é o inusitado, seja pela decoração temática, pela localização ou pela proposta. Confira:

1) Kubik Club

Um encontro surreal entre arquitetura, sustentabilidade, música e luz acontece no Kubik, uma balada nômade que já percorreu vários países da Europa, mas tem presença cativa em Berlim.

Dezenas de tanques de água industriais empilhados e iluminados projetam luzes intensas e coloridas de acordo com as batidas da música. Pura hipnose!

club1

dance1

2) Qua Bottle Lounge 

A uma distância de nove polegadas dos seus pés, tubarões e arraias lhe espreitam com um indisfarçável apetite.

Embora sejam perfeitamente visíveis, quatro painéis de acrílicos sobrepostos, que chegam a pesar quase uma tonelada, separam a pista de dança desse incrível bar localizado em Austin, no Texas, e o tanque de 20 mil litros ocupado pelos animais. Mesmo assim, haja margueritas para ter coragem de dar uma dançadinha, não?!

dance3

dance4

3) Le Batofar

Foi o bar que iniciou a moda de “boate dentro de um barco” mundo afora. O barco-farol, cujas instalações e características se mantém desde 1955, fica às margens do Sena. Seu cenário mais do que emblemático da agitada noite de Paris, tocando muito eletrônico, sempre com performances de bandas ao vivo.

club2

miam13-69835256b

4) B018

Localizada em um bunker subterrâneo desativado em Beirute, no Líbano, essa balada tem um teto retrátil que na verdade é a própria rua que se abre sobre a pista. A ideia é passar a quem está dançando a visão dos pedestres e dos carros passando lá em cima; e para quem está na rua um convite bastante sedutor para literalmente cair para dentro!

dance10

dance9

5) Andrés Carne de Rés

Unanimidade em Bogotá, o lugar tem uma decoração impressionante. Os quatro andares da casa são divididos em inferno, terra, purgatório e céu, cada um com suas peculiaridades, pocket shows e ambientações sonoras próprias.

Mauro A. Fuentes çlvarez

club3

Outro item inusitado é o cardápio à manivela, em que se deve rodar para obter as informações das iguarias.

2294556335_af0d5f7876

6) Le Dernier Bar Avant La Fin Du Monde

HQ’s, mangás e jogos de RPG compõem o arsenal deste bar parisiense para enfrentar o fim do mundo. São três andares inspirados no universo geek, de Matrix a a Star Trek, passando por V de Vingança e World Of Warcraft.

club3

club7

É possível passar a noite em um bunker anti-zombies ou em uma sala inspirada no universo de Julio Verne. Ah, o bar tem até um desfibrilador que, na verdade, é um Pikachu.

7) TRAMix

Trata-se de um bonde onde a balada rola solta e que anda pelas ruas de Praga (República Tcheca) uma vez ao mês. A música eletrônica bomba enquanto os “passageiros” dançam e se seguram – a balada conta com dois bares e DJ.

O trajeto tem duas horas e meia de duração e passa por algumas ruas da cidade, permitindo que as pessoas – até 150 por noite -, se quiserem, desembarquem na porta de uma das várias casas noturnas que agitam a cidade.

tra

8) Imagine

Na balada mais inusitada e disputada de Punta Cana, a festa rola de segunda a segunda dentro de uma caverna habitada por morcegos de verdade! São três ambientes com bares e pistas com capacidade para até 1500 pessoas. Prepare-se para muita cuba libre, salsa e merengue!

dance2

8526459420_2f847c71b1_o

9) Miniscule of Sound

A menor danceteria do mundo, segundo o Guiness, está localizada em Londres. Ocupa uma área de 1,2 metros e tem capacidade para apenas 14 pessoas, incluindo o DJ.

Assemelha-se a uma cabine que, inclusive, já foi transportada para várias partes do mundo – é presença garantida em todas as edições do Glastonbury Festival.

65738393_640

Obs: O Brasil propositalmente ficou de fora dessa lista, pois será alvo em breve de um post exclusivo de lugares inusitados para passar a noite. Se quiser já colaborar com indicações, fique à vontade!

s

Publicidade


Paulo Moura
Jornalista paulistano que adotou o Rio de Janeiro como casa. Possui mais de 15 anos de experiência em comunicação corporativa e é sócio-diretor da Agência VIRTA. Apreciador de cerveja, comida ogra, mar e tudo aquilo que combina ou remete a ele.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Examinadores encontram mão com aliança de turista desaparecido em barriga de tubarão